Gabriela Ribeiro disse ter sido vítima de assédio - Reprodução Instagram
Gabriela Ribeiro disse ter sido vítima de assédioReprodução Instagram
Por O Dia

Paraná - Uma triste rotina com as mulheres que trabalham com o esporte voltou a se repetir na última segunda-feira. A repórter do SporTV, Gabriela Ribeiro, foi vítima de um assédio de um torcedor antes do embarque do Atlético-PR de Curitiba para a Colômbia. A jornalista do Grupo Globo utilizou as redes sociais para denunciar o ocorrido.

"Ontem estava cobrindo o embarque do Atlético e muitos torcedores (estavam) atrás, cantando e tal. Veio um e me lascou um beijo na bochecha, aquela situação ridícula. Interessante que geral rechaçou o cara por ter feito isso, mandaram me deixar em paz", escreveu no Twitter.

A repórter afirmou que outros homens vieram condenar a posição do suposto assediar. No Twitter, Gabriela  se mostrou incomodada com o fato de que o homem só mudou a postura quando outros se envolveram.

"Espero que ao menos porque OUTROS HOMENS falaram, ele entenda que não é legal, não é engraçado. Simplesmente não. Mas é cansativo, sabe", publicou.

Você pode gostar