Mais Lidas

Portuguesa perto de acertar com Jobson

Dispensado pelo Brasiliense depois de atrito com a diretoria, atacante está negociando com o time da Ilha do Governador

Por

Jobson foi afastado do grupo principal do Brasiliense depois de conflitos com a diretoria do clube
Jobson foi afastado do grupo principal do Brasiliense depois de conflitos com a diretoria do clube -

Rio - No início da semana, o atacante Jobson, 30 anos, foi afastado pela diretoria do Brasiliense por causa de atritos internos. Os dirigentes não deram mais informações e se limitaram a dizer que o jogador estava fora da pré-temporada do clube do Distrito Federal. Porém, o próprio Jobson fez questão de dizer que estava negociando seu retorno ao futebol do Rio. Ontem, foi revelado, enfim, seu provável destino.

Representantes da RCF Sports e Marketing Esportivo, que cuidam da carreira de Jobson, se reuniram na noite de quinta-feira com dirigentes da Portuguesa da Ilha do Governador e as conversas foram animadoras. As duas partes, porém, não deram mais detalhes da negociação e nem uma previsão para a possível apresentação do atleta.

A RCF, inclusive, emitiu um comunicado dizendo que Jobson está recebendo tratamento diferenciado dos demais jogadores após o desentendimento com a diretoria: "O atleta vem treinando sozinho em uma academia e, após nota publicada, o Brasiliense força o atleta a treinar separado/isolado dos demais colegas de profissão, recebendo um tratamento discriminatório, pois não recebe as mesmas condições de trabalho de seus companheiros". Já o clube brasiliense nega todas as acusações.

Jobson voltou a jogar futebol em setembro do ano passado, pelo Capital-DF, depois de cumprir suspensão de dois anos por doping. Em 2016, ele foi condenado por estupro de vulnerável e está em liberdade condicional — o atleta, no entanto, se diz inocente.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários