Bragantino derrota Guarani e é o primeiro clube a conseguir acesso para a Série A

Equipe paulista conseguiu mais uma vitória

Por Lance

Bragantino é o líder da Série B
Bragantino é o líder da Série B -
São Paulo - O Bragantino está de volta a elite do futebol brasileiro depois de 21 anos. Na noite desta terça-feira, o Braga levou a melhor contra o Guarani por 3 a 1 e carimbou o acesso. Com o resultado, o Massa Bruta chegou aos 65 pontos e permanece na liderança da Série B. O Bugre é o 14º colocado, com 39 pontos.

Na próxima rodada, o Bragantino visita o Botafogo-SP, no Santa Cruz. O Guarani faz o clássico diante da Ponte Preta, no Brinco de Ouro.

O confronto

Como já era esperado, o Bragantino iniciou a partida em cima do Guarani. Sem dar espaço ao Bugre, o Massa Bruta esmagava o adversário e buscava o seu gol a todo momento.

Visivelmente ansiosos, os atacantes do Braga ficavam afobados na hora de concluir as jogadas. Claudinho, destaque da equipe, aproveitou a sobra na grande área e chutou forte por cima do gol.

Na chance mais clara dos mandantes, Wesley chutou e Jefferson Paulino salvou. No rebote, Ytalo pegou de primeira e o goleiro bugrino salvou novamente.

No segundo tempo o Bragantino, que precisava de um gol para garantir o acesso, partiu para cima e tentou encurralar o Bugre mais uma vez, que segurava a pressão e explorava os contra-ataques. Em um deles, Diego Cardoso fez jogada pela esquerda e cruzou para trás. A bola sobrou limpa nos pés de Ricardinho, que pegou de primeira e acertou a trave.

Na casa dos 17 minutos o tão sonhado gol do Massa Bruta saiu. Após cobrança de falta, Ricardo Ryller, em posição de impedimento, cabeceou e fez a alegria no estádio. O gol gerou muita reclamação dos bugrinos, mas a arbitragem validou o tento.

O gol deu tranquilidade ao Massa Bruta que chegou ao segundo de maneira natural. Após pênalti infantil de Bidu em Wesley, Pio soltou a bomba ampliou o marcador, 2 a 0.

Ainda deu tempo do terceiro. A zaga do Bugre errou na saída de jogo e Pedro Naressi invadiu a grande área para ampliar, 3 a 0.

Nos acréscimos do jogo, com a zaga do Bragantino relaxada, o Guarani conseguiu o seu gol de honra. Lenon cruzou e Bady dominou para soltar a bomba e vencer o goleiro, 3 a 1.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários

Bragantino derrota Guarani e é o primeiro clube a conseguir acesso para a Série A O Dia - Esporte

Bragantino derrota Guarani e é o primeiro clube a conseguir acesso para a Série A

Equipe paulista conseguiu mais uma vitória

Por Lance

Bragantino é o líder da Série B
Bragantino é o líder da Série B -
São Paulo - O Bragantino está de volta a elite do futebol brasileiro depois de 21 anos. Na noite desta terça-feira, o Braga levou a melhor contra o Guarani por 3 a 1 e carimbou o acesso. Com o resultado, o Massa Bruta chegou aos 65 pontos e permanece na liderança da Série B. O Bugre é o 14º colocado, com 39 pontos.

Na próxima rodada, o Bragantino visita o Botafogo-SP, no Santa Cruz. O Guarani faz o clássico diante da Ponte Preta, no Brinco de Ouro.

O confronto

Como já era esperado, o Bragantino iniciou a partida em cima do Guarani. Sem dar espaço ao Bugre, o Massa Bruta esmagava o adversário e buscava o seu gol a todo momento.

Visivelmente ansiosos, os atacantes do Braga ficavam afobados na hora de concluir as jogadas. Claudinho, destaque da equipe, aproveitou a sobra na grande área e chutou forte por cima do gol.

Na chance mais clara dos mandantes, Wesley chutou e Jefferson Paulino salvou. No rebote, Ytalo pegou de primeira e o goleiro bugrino salvou novamente.

No segundo tempo o Bragantino, que precisava de um gol para garantir o acesso, partiu para cima e tentou encurralar o Bugre mais uma vez, que segurava a pressão e explorava os contra-ataques. Em um deles, Diego Cardoso fez jogada pela esquerda e cruzou para trás. A bola sobrou limpa nos pés de Ricardinho, que pegou de primeira e acertou a trave.

Na casa dos 17 minutos o tão sonhado gol do Massa Bruta saiu. Após cobrança de falta, Ricardo Ryller, em posição de impedimento, cabeceou e fez a alegria no estádio. O gol gerou muita reclamação dos bugrinos, mas a arbitragem validou o tento.

O gol deu tranquilidade ao Massa Bruta que chegou ao segundo de maneira natural. Após pênalti infantil de Bidu em Wesley, Pio soltou a bomba ampliou o marcador, 2 a 0.

Ainda deu tempo do terceiro. A zaga do Bugre errou na saída de jogo e Pedro Naressi invadiu a grande área para ampliar, 3 a 0.

Nos acréscimos do jogo, com a zaga do Bragantino relaxada, o Guarani conseguiu o seu gol de honra. Lenon cruzou e Bady dominou para soltar a bomba e vencer o goleiro, 3 a 1.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários