Clássico para apresentar evolução

Sem ainda convencer, Fluminense de Odair e Botafogo de Valentim têm boa chance para agradar à torcida

Por O Dia

Odair Hellmann e Alberto Valentim já venceram clássico em 2020
Odair Hellmann e Alberto Valentim já venceram clássico em 2020 -

Além do resultado, o clássico de hoje, às 16h, no Maracanã, é uma boa oportunidade para Fluminense e Botafogo mostrarem evolução. Mesmo com planejamentos distintos, os técnicos Odair Hellmann e Alberto Valentim já começam a ouvir críticas dos torcedores pelas atuações de suas equipes neste início de temporada e têm mais um teste de fogo.

Pelo lado do Fluminense, o recém-chegado Odair Hellmann optou por colocar titulares desde o início para buscar resultados que dessem tranquilidade. Contou com uma base de 2019, mas acumulou problemas no grupo — de lesões a não regularização de atletas —, e ainda não conseguiu utilizar a força máxima. Pior: com a sequência de jogos e poucos treinos, tem encontrado dificuldade para achar um padrão enquanto ganha reforços a cada dia para montar a equipe.

Na sétima partida da temporada, o técnico tricolor terá à disposição pela primeira vez três jogadores: Ganso, finalmente liberado após trabalho de reforço muscular, Wellington Silva e Fernando Pacheco, que se apresentaram esta semana e foram regularizados. Sem falar em Evanilson e Marcos Paulo, considerados titulares e que só estrearam terça-feira, no 1 a 1 com o Unión La Calera.

"Todos deveriam saber que é a construção de uma equipe nova. Precisamos frisar isso porque ela necessita de tempo. A gente tem que ter calma também, porque, senão, dá o salto maior do que a perna e cria mais dificuldade ainda. Mas é claro que nós precisamos responder com resultado e tentando o melhor desempenho possível coletivamente", afirmou Hellmann.

Já o Botafogo de Alberto Valentim, no clube desde o ano passado, optou por alongar a pré-temporada e colocar reservas e juniores nas primeiras rodadas da Taça Guanabara. O tempo de preparação maior foi utilizado para montar uma equipe praticamente do zero, cheia de contratações em meio à crise financeira e à drástica redução da folha salarial. 

Desde que os titulares estrearam, o Botafogo ainda não perdeu: são três vitórias e um empate. Mas o desempenho tem deixado a desejar, principalmente nos dois últimos jogos. Tanto que o Glorioso só garantiu a classificação na Copa do Brasil com o empate em 1 a 1 diante do Caxias, da Série D do Brasileiro, numa atuação para ser esquecida. O treinador já está pressionado pela torcida, que tem reclamado de seu trabalho desde a reta final do Brasileiro, no ano passado.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários