Coronavírus: governo japonês afirma que não pensar em adiar as Olimpíadas

Ideia é manter o calendário mesmo com a pandemia da Covid-19

Por O Dia

Pandemia do coronavírus ameaça realização das Olimpíadas
Pandemia do coronavírus ameaça realização das Olimpíadas -
Japão - O Japão não tem intenção de adiar os Jogos Olímpicos, previstos para julho deste ano. Em coletiva nesta terça-feira, o primeiro-ministro do país, Shinzo Abe, afirmou que, mesmo com a pandemia do novo coronavírus, a intenção é cumprir o calendário.
"Nós estamos fazendo tudo que podemos para nos preparar (para as Olimpíadas) e queremos ter o objetivo de um evento completo como prova de que a humanidade pode derrotar o novo coronavírus", disse Abe.
Caso não seja adiada, as Olimpíadas de Tóquio terão início no dia 24 de julho e irão até 09 de agosto. Em seguida, os Jogos Paralímpicos serão disputados entre 25 de agosto e 6 de setembro.

Comentários