Comentarista do SporTV sugere aposentadoria de Luxa após derrota para o Botafogo: 'Pode ser comentarista e dirigente'

Equipe paulista caiu para a quinta posição do Brasileiro

Por O Dia

Luxemburgo
Luxemburgo -
Rio - O Palmeiras perdeu por 2 a 1 para o Botafogo, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro e o trabalho de Vanderlei Luxemburgo à frente da equipe alviverde voltou a ser questionado. Para o comentarista Carlos Eduardo Lino, do SporTV, Luxa não deveria trabalhar mais como treinador, mas sim como dirigente ou comentarista.
"O Luxemburgo, para mim, tem lugar hoje como comentarista de futebol, porque ele tem ótimas ideias, ou como diretor de futebol, porque ele sabe gerir elencos muito bem. Mas ele virou um treinador anacrônico. A gente não consegue ver um time moderno dentro de campo. O Palmeiras dele é antigo. Um time que está sendo superado dentro de campo. O Palmeiras precisa de mais, pode achar no Luxemburgo? Sim. Mas ele precisa evoluir para isso", disse o comentarista em participação no Seleção SporTV.
Ainda segundo Lino, o Palmeiras errou ao escolher Vanderlei Luxemburgo como treinador, visto que o clube buscava no mercada um perfil com inovações no trabalho. Para ele, Sampaolli seria o nome ideal.
"Se comparar o Sampaoli com o Luxemburgo pelo currículo, pelos troféus, é evidente que não dá para comparar, mas se você comparar ideias, propostas, e o que queria o Palmeiras quando contratou o Luxemburgo - que é hegemonia na América do Sul, aí sim. O Palmeiras não se satisfez com o Felipão, teve problemas com arranjo de time com vários treinadores. O Palmeiras queria o Luxemburgo que a gente viu no Bem, Amigos! recentemente, cheio de ideias ou coisas inovadoras", acrescentou. 

Comentários