Jorge Jesus dirige o Benfica, time de melhor início em Portugal desde a década de 1980 - Divulgação
Jorge Jesus dirige o Benfica, time de melhor início em Portugal desde a década de 1980Divulgação
Por O Dia
Rio - Apesar do mal desempenho do Benfica, o técnico Jorge Jesus minimizou a pressão que vem sofrendo no comando da equipe portuguesa. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o ex-treinador do Flamengo disse que sua carreira serve como "blindagem" neste momento conturbado da equipe.
Publicidade
"A mim não me criam pressão. Todos os dias os jogadores e os treinadores têm que se justificar, mas a minha carreira não deixa dúvidas. Cometemos alguns erros e temos de melhorar, disso não há dúvida, mas pressão? De quê? De competência nunca vou ter, podia ter tido no início da carreira. De resultados? Isso faz parte da carreira de um treinador", afirmou Jesus.
O treinador não gostou de ser abordado pelos jornalistas sobre as críticas que tem sofrido por parte de treinadores do Benfica.
Publicidade
"Era o que faltava como treinador do Benfica responder a críticas que me possam fazer. Sei perfeitamente o sentido crítico, o jogo dentro e fora do campo, a tentativa de desestabilizar qualquer equipe... Antes de sair de Portugal já era assim e cada vez acontece mais. São opiniões que as pessoas têm, é normal", finalizou.