Japonês usa máscara em Tóquio, sede dos Jogos, durante o surto do novo coronavírus
Japonês usa máscara em Tóquio, sede dos Jogos, durante o surto do novo coronavírusAFP
Por O Dia
Diante da indefinição sobre público na Olimpíada Tóquio-2020, o Comitê Organizador e o Comitê Olímpico Internacional (COI) têm mais um dado importante para levar em consideração. Em pesquisa realizada pelo jornal "Yomiuri", a maioria dos japoneses é contra a entrada de estrangeiros para os Jogos.
Dos entrevistados, 77% disseram não querer que pessoas de fora do Japão chegem para assistir às Olimpíadas. O temor é de que a movimentação piore os índices de contaminação na pandemia de covid-19. Por isso, apenas 18% se disseram a favor da abertura, enquanto 5% não souberam ou não responderam.
Publicidade
Além disso, 48% dos japoneses são contra qualquer público nos locais de competição da Tóquio-2020.
Em meio à indefinição, o Comitê Organizador e o COI devem definir a questão do público estrangeiro até o fim de março, preferencialmente antes do revezamento da tocha olímpica, dia 25. Adiada por um ano, a Tóquio-2020 começa em 23 de julho e termina em 8 de agosto.