Washington Rodrigues: A galera não merecia

Por

Mauricio Barbieiri, técnico do Flamengo
Mauricio Barbieiri, técnico do Flamengo -

Rio - Numa manhã com toda a pinta de verão, sol, céu azul, praias lotadas, Flamengo e Ceará foram ao Maracanã para o famoso jogo do mau hálito com a bola rolando às 11 horas. O primeiro tempo, sem gols, teve amplo domínio do Flamengo com o Ceará espetando em contra-ataques perigosos. No segundo tempo, com sol a pino e temperatura subindo ainda mais, Mauricio Barbieri (foto), aos 13 minutos, mandou a dupla Lincoln e Vitinho para os lugares de Dourado e Marlos Moreno. A pressão aumentou e, a impaciência da torcida rubro-negra que lotava as arquibancadas, também. A briga do ataque do Flamengo contra a defesa do Ceará seguia, enquanto Barbieri, nervoso, com um olho no campo e o outro no relógio, optava por Uribe no lugar de Piris, abrindo a defesa sem fortalecer o ataque. Nas arquibancadas, mais de 60 mil rubro-negros suando e sofrendo. Como tudo que vai mal ainda pode piorar, Leandro Carvalho escapou e fez o gol do Vovô. Acredite se quiser, Ceará 1 a 0.

 

Comentários

Últimas de A Palinha Do Apolinho