Não precisa fazer milagre

Por O Dia

Jorge Jesus
Jorge Jesus -

Jorge Jesus terá hoje pela manhã o primeiro contato com a massa rubro-negra, que lotará o Maracanã para matar a saudade do time e prestigiá-lo. A primeira impressão não foi de todo má, o empate com o Furacão na Arena da Baixada foi um bom resultado e mostrou que o gajo tem sorte. A equipe não respondeu como esperado, o sistema defensivo aberto graças a erros na recomposição proporcionou chances desperdiçadas pelos atacantes paranaenses, que tiveram três gols bem anulados por impedimento, um pênalti não marcado e um lance curioso em que o goleiro do Flamengo pegou a bola com as mãos fora da área sem que a arbitragem percebesse. Quando se ofereceu, Jesus deve ter avaliado as dificuldades, teve 20 dias com o grupo e é bom ficar sabendo que de agora até o fim do ano o cinto estará apertadinho no último furo. Ninguém quer milagres, apenas que faça bem feito o que tem que fazer e saiba que no Flamengo não tem purgatório: é céu ou inferno.

ESQUENTOU

A goleada de 3 a 0 imposta pelo Cruzeiro ao Atlético no clássico mineiro, válido pelas quartas de final da Copa do Brasil, aqueceu o jogo de hoje com o Botafogo, no Mineirão. Para quem imaginava que o turbilhão de problemas internos que virou caso de polícia interferisse no futebol, foi uma grande surpresa ver a Raposa depenar o Galo. Uma vitória maiúscula, que motivou a torcida e que tornará a missão de Eduardo Barroca e de seus meninos ainda mais complicada.

PEDALADAS

O Barcelona ofereceu Coutinho e mais dois jogadores ao PSG por Neymar. A proposta não agradou ao presidente Nasser Al-Khelaifi, que não parece disposto a facilitar a vida do brasileiro.

A cúpula da CBF reprovou o trabalho de Tite na Copa América achando que deveria priorizar a renovação para a Copa do Catar.

Alvorada na Gávea para o jogo do mau hálito.

BOLA DENTRO

A nova administração do Fluminense pegou o clube em situação caótica e aos poucos está colocando a casa em ordem. Não vai ser fácil, mas a esperança é de normalizar em 2020.

BOLA FORA

O zagueiro Pablo Marí que o Flamengo trouxe tem história curiosa. Contratado pelo City num dia foi emprestado no outro ao Girona. Nem sequer treinou no time inglês.

 

Comentários