Choque de desesperados

Por O Dia

Técnico do Flamengo, Jorge Jesus já está sob forte pressão no comando do time
Técnico do Flamengo, Jorge Jesus já está sob forte pressão no comando do time -

Flamengo e Botafogo em crise, se enfrentando no Maracanã, expostos ao olhar crítico e preocupado de suas torcidas. A segunda-feira será duríssima para o perdedor. O Botafogo parecendo ter perdido entrosamento depois da parada para a Copa América, caindo de produção no lugar da esperada melhora. Seu ataque chuta pouco a gol, completando quatro jogos sem marcar, quase não segura a bola, sobrecarregando o trabalho do setor defensivo. O Flamengo caindo em parafuso nas mãos do técnico português Jorge Jesus que, como aconteceu contra o fraco Emelec, até tenta corrigir o rumo só que apertando botões errados. Não bastassem os erros estratégicos, Jesus parece não ter muita sorte, sofre com constantes lesões de jogadores importantes como Arrascaeta, Everton Ribeiro e Vitinho, além de perder Diego para o resto da temporada. Como ele mesmo disse, foi contratado para achar soluções, então, que dê tratos à bola, a hora é essa.

PROTESTOS

Vejo críticas ao comportamento das torcidas do Flamengo por protestar contra o vexame de Guayaquil. O protesto é legitimo e democrático, não é como rotulam as manifestações populares nos atos políticos? O que se pode condenar é a violência. A torcida pode e deve se manifestar. No Flamengo, não há purgatório: é céu ou inferno. E e tem outra para seu Jesus decorar: todo dia de derrota é Sexta-Feira da Paixão, é cruz, prego e pancada.

PEDALADAS

Ouvi num programa de televisão que se o Flamengo for eliminado na Copa Libertadores da América será bom para que Jesus possa treinar mais e ter tempo para recuperar jogadores. Mudei de canal, fui assistir ao Pica-Pau.

PSG segue na operação congelamento com Neymar.

A Fifa confirmando Mundial de Clubes no Catar, ainda com formato antigo, de 11 a 21 de dezembro.

BOLA DENTRO

O Palmeiras esclarece que demitiu a técnica do futebol feminino Ana Lucia e a supervisora Renata por suposto envolvimento em casos de doping ainda quando atuavam no Audax.

BOLA FORA

A precipitada decisão de trocar parte da equipe de apoio da comissão técnica no Flamengo por portugueses trazidos por Jorge Jesus começa a mostrar consequências.

 

Comentários