Arrastão geriátrico

Por O Dia

Daniel Alves chega para reforçar o time do São Paulo no Campeonato Brasileiro
Daniel Alves chega para reforçar o time do São Paulo no Campeonato Brasileiro -
Os clubes brasileiros estão só contratando estrangeiros ou repatriando jogadores na sua maioria com idade acima de 30 anos. Os torcedores aplaudem a chegada de craques, como Dani Alves, Juanfran, Filipe Luís, Rafinha, Gil, Pato, Ganso e Ramires, que vieram se somar a dezenas de outros veteranos em atividade por aqui. Por um lado pode ser bom porque a grife atrai público e de certa forma dá alguma visibilidade internacional aos clubes. O problema é que a garotada da base perde vez, desanima e acaba sufocada pela turma da bengala. Os garotos que já mostraram serviço se salvam porque são negociados, os que ainda estão na pista perdem espaço. Em pouco tempo essa importação ocasionará problemas na hora da reposição. Esse verdadeiro arrastão geriátrico alcançará a montagem da própria seleção brasileira, cujo técnico terá que sair pelo mundo para tentar acompanhar a evolução dos nossos jovens jogadores.

DÚVIDA
Torcedores do Flamengo querendo saber no lugar de quem Balotelli entraria no ataque do time rubro-negro. A resposta está nessa nova fase do nosso futebol, vítima do calendário maluco, no qual um técnico precisa ter disponíveis no mínimo 30 jogadores aptos para tentar enfrentar as dificuldades com lesões, suspensões e o desgaste natural do excesso de jogos. Se vier, Balotelli terá sua vez e jogará tanto quanto qualquer outro titular.

PEDALADAS
A Suderj informa: no Flamengo, entra Balotelli, sai cartilha do Jesus. Com Gabigol e Balotelli soltos no Rio, todas as noites serão de sexta-feira.
Messi entrou no circuito e pediu a Neymar que não fechasse com o Real Madrid sem ouvir a proposta do Barcelona.
A partida entre Grêmio e Athletico-PR pelas semifinais da Copa do Brasil é o programa de hoje à noite na TV.

BOLA DENTRO
Rodolfo Landim atravessou a arrebentação e agora começou a nadar em águas calmas na administração do Flamengo. Só quem senta naquela cadeira sabe o tamanho do pepino.

BOLA FORA
O VAR, como diria o Chacrinha, veio para confundir, e não para explicar. Com suas longas interrupções, começou a atrapalhar a grade da televisão. Será enquadrado rapidinho.

Comentários