Flamengo precisa acelerar

Por O Dia

Jorge Jesus terá que superar desfalques mais à frente no Brasileiro devido à convocação da Seleção
Jorge Jesus terá que superar desfalques mais à frente no Brasileiro devido à convocação da Seleção -

Líder do Brasileiro com 45 pontos, tendo o Palmeiras nos seus calcanhares, o Flamengo precisa vencer o Internacional hoje à noite para fazer gordura antes de ter seu time mutilado pelas convocações de  jogadores para esses absurdos amistosos caça-níqueis das seleções nas abomináveis datas Fifa. Sem Rodrigo Caio, Gabigol, Arrascaeta e Berrío, sem contar com Reinier, chamado para a sub-17, o português Jorge Jesus vai ter trabalho para manter o ritmo. Seu principal adversário no momento, o Palmeiras, dá mais sorte. Tite só vê qualidade no goleiro Weverton. Dudu, Marcos Rocha, Bruno Henrique e Felipe Melo, atuais campeões brasileiros, nunca são convocados. Há quem acredite que os critérios do Tite são estritamente técnicos. Tudo bem, é possível que seja só incompetência. Só que essa brincadeira poderá causar graves prejuízos ao Flamengo e demais atingidos com o desequilíbrio técnico do campeonato.

CASTIGO

Restando 18 rodadas para que a 'Grande Procissão' retorne à Matriz, o Fluminense se confessa culpado e pagará penitência ajoelhado no milho. Com apenas 18 pontos ganhos e restando 57 na mesa, terá que conquistar 27 para chegar aos salvadores 45 pontos, ou seja, vencer a metade dos jogos restantes, começando, amanhã, diante do Santos. O problema será conviver com a obrigação. Uma coisa é jogar, outra é jogar tendo que ganhar.

PEDALADAS

Se a maioria dos 20 clubes que formam a Série A do Campeonato Brasileiro se transformar em empresas numa sexta-feira à noite, na segunda-feira amanhecerá falida.

Tem jogadores do Santos comemorando a suspensão de Jorge Sampaoli para o jogo de amanhã com o Fluminense. Ficam livres dos ataques de pelanca e cobranças mal-educadas à beira do campo.

BOLA DENTRO

A eleição de Messi como melhor jogador do mundo dispensava votação. Enquanto se dispuser a jogar, Messi dificilmente encontrará competidor, além de Cristiano Ronaldo.

BOLA FORA

O Figueirense comunica que não pensa em abandonar o campeonato da Série B e que a bola fora foi da empresa que detinha o controle do futebol e cujo contrato foi rescindido.

 

Comentários