Só começa de cabeça para baixo

Por O Dia

Jorge Jesus: técnico português fez um trabalho espetacular no comando do Flamengo, campeão brasileiro e da Libertadores
Jorge Jesus: técnico português fez um trabalho espetacular no comando do Flamengo, campeão brasileiro e da Libertadores -
A 'Grande Procissão' retorna à Matriz depois de dar a volta na Praça Brasil. É a última rodada do Brasileirão, que se despede vestido de vermelho e preto em reconhecimento ao Flamengo de Jorge Jesus e sua fantástica torcida, responsáveis únicos por mantê-lo de pé no desinteressante formato atual que agoniza sem que o socorram. Para o torcedor do Flamengo, será mais um domingo de festa. Para os demais, sobretudo para a esmagadora maioria que gosta de emoções, o cardápio está pobre, quase vazio. Resta a luta desesperada para escapar da queda para a Segunda Divisão. Arrepios, frio na espinha, unhas roídas, só para torcedores do Ceará, que joga no Estádio Nilton Santos com o Botafogo, e do Cruzeiro, que recebe o Palmeiras, no Mineirão, com a obrigação de vencer e ainda contar com a derrota do Ceará para evitar esse desastre inédito em sua história. Tirando essas duas torcidas, as demais já estarão degustando as suas rabanadas.


A SELEÇÃO

São centenas de pedidos para que responda qual dos dois times foi melhor: o de Zico, em 1981, ou o atual, de Bruno Henrique. Respondo que os dois foram ótimos, cada qual ao seu tempo. Os caras não se contentam e voltam à carga, querendo que escale uma seleção entre as duas equipes que levaram a bandeira do Flamengo a tremular num Mundial. Não suporto comparações, mas, para ficar livre, aí vai: o time de Zico com Bruno Henrique no lugar de Lico.

PEDALADAS

O técnico argentino Diego Simeone pediu a contratação de Gabigol para o lugar de Diego Costa, que se lesionou mais uma vez e só volta a jogar em abril. O Atlético de Madrid já mandou a proposta para a Inter de Milão.
A torcida do Vasco abraça a causa, explode na promoção sócio-torcedor e promete lotar o Maracanã hoje à tarde.

BOLA DENTRO

Muito bom ver Mário Jorge Lobo Zagallo de volta ao Maracanã, firme, alegre, falante, numa noite de tempestade no Rio, para ver o Flamengo jogar.

BOLA FORA

Na hora que o Cruzeiro mais precisa do esforço de todos, não contará no jogo com o Palmeiras com Egídio e Edilson, suspensos, Robinho, machucado, e Thiago Neves, afastado. 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários