Flamengo quer dar adeus à fase vaga-lume

Depois de intercalar brilho com apagões, Fla quer vencer duas seguidas pela primeira vez

Por pedro.logato

Minas Gerais - O Flamengo tem neste domingo, contra o Cruzeiro, às 16h, no Mineirão, a chance de assumir uma identidade. Desde a chegada de Mano Menezes, o time tem momentos de brilho, mas as expectativas criadas são frustradas em seguida em apagões difíceis de explicar. Diante do líder do Brasileiro, o Rubro-Negro tenta emplacar duas vitórias seguidas na competição pela primeira vez e mostrar que a sua cara é aquela mostrada na Copa do Brasil diante do mesmo adversário da tarde de domingo.

Mano quer equipe do Fla com identidade em campoAndré Mourão / Agência O Dia

A vitória por 1 a 0 sobre o Cruzeiro no Maracanã parecia ser um evento de corte. Dali por diante, o Flamengo se agigantaria. A euforia de quarta-feira à noite, no entanto, terminou no domingo, quando o Corinthians deu um choque de realidade no Rubro-Negro: 4 a 0, no Pacaembu.

Vencer o Vitória serviu para manter a distância da zona de rebaixamento, mas a partida de hoje, no Mineirão, pode ser o divisor de águas de verdade. A referência é o jogo de ida no mata-mata da Copa do Brasil.

“O nosso primeiro tempo foi difícil, não conseguimos encaixar a marcação. Não pode acontecer novamente, temos que fazer melhor. No segundo tempo, fomos bem. Não podemos ceder o contra-ataque, porque eles têm uma transição muito rápida”, advertiu Mano.

Quando olha para o adversário, o técnico vê um exemplo a ser seguido. Nas palavras de Mano, fica claro que ele enxerga o time mineiro um passo à frente. Enquanto o Rubro-Negro busca a sua identidade, a Raposa já tem uma forma e estilo estabelecidos.

“O Cruzeiro tem uma maneira de jogar definida, propõe jogo. Temos que conter o time deles, mas também jogar, porque dão espaço para isso”, afirmou o treinador.

Uma vitória deve deixar o Flamengo mais longe da zona de rebaixamento na virada do turno. Assim, o time teria mais tranquilidade para buscar uma evolução no Brasileiro enquanto briga pelo título da Copa do Brasil.

Felipe sente tornozelo e nem viaja

O Flamengo sofreu um desfalque de última hora. Com dores no tornozelo direito, o goleiro Felipe nem viajou para Belo Horizonte e será substituído por Paulo Victor.

A zaga terá outras mudanças. Samir deve formar a dupla de área com Wallace, já que Chicão está machucado. Na lateral esquerda, o mais provável é a escalação de André Santos. O time terá três volantes, com a volta de Cáceres.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia