Confiança para se firmar no Flamengo

Sem medo da concorrência, Samir sua a camisa para garantir vaga de titular na zaga

Por pedro.logato

Rio - Samir é um dos jogadores mais cobrados por Vanderlei Luxemburgo durante os treinos. Mas, mesmo com a sombra de Bressan, não perde a confiança no próprio potencial. Já entrosado com Wallace, o zagueiro criado na base rubro-negra largou na frente dos concorrentes este ano. Precisa, porém, mostrar segurança e regularidade para manter a titularidade.

A pressão parece não abalar Samir. No sábado, na Arena da Amazônia, às 17h, ele tem a chance de mostrar serviço e, de quebra, ajudar o Flamengo a conquistar o primeiro caneco de 2015. Nada que pese sobre os ombros do jogador de 20 anos.

Samir planeja uma grande 2015 para sua carreiraUanderson Fernandes

“Estou tranquilo para este jogo, como fico em todos. A confiança é a mesma, a confiança de todos os companheiros também. Pode ser contra o São Paulo, o Grêmio...”, afirmou o zagueiro, que ressaltou o bom entendimento que tem em campo com o companheiro Wallace.
“Estamos jogando desde o ano passado juntos. Tem um entrosamento muito legal ali atrás, fica tudo mais facilitado. Aí quando chega no Paulo Victor já vai mastigado.”

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

Samir mostra também que confia em Paulo Victor para evitar que a defesa seja vazada: “A grande equipe começa sempre com um bom goleiro. Mas a equipe toda está de parabéns com a determinação, que começa lá na frente. Brinquei com ele no treino, está pegando até pensamento.”

TÍTULO EM MANAUS PARA DAR CONFIANÇA

Além de preparar o time para o restante da temporada e ainda fazer entrar uma graninha nos cofres do Flamengo, o torneio em Manaus é a chance de começar o ano comemorando um título. De acordo com Samir, levantar a taça encheria o time de confiança para defender o título no Campeonato Carioca, que começa no próximo sábado para o Rubro-Negro, contra o Macaé.

“É o que todo mundo quer. Quem está disputando este torneio quer ganhar o título. Começar um ano assim é sempre bom, um ânimo a mais, e ainda temos mais a entrada do Carioca para continuar bem o ano”, frisou o zagueiro.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia