Mais Lidas

'Por enquanto, não dá para pensar em título', avisa Emerson Sheik

Atacante não mostra otimismo com o ano do Fla e critica parte do elenco de 2015, dizendo que faltava comprometimento

Por edsel.britto

Rio - Emerson Sheik não economiza nas palavras. A língua é afiada. Na visão do atacante do Flamengo, faltou comprometimento de alguns atletas em 2015. Sheik foi além e disse que havia jogadores que não mereciam vestir rubro-negro.

Emerson Sheik detona 'turma' que não estava comprometida em 2015Márcio Mercante

"Quando cheguei, vi algumas coisas e percebi que não ia funcionar. A camisa e a história do Flamengo são muito grandes. Não é qualquer um que pode vestir, não. Isso precisa ser escolhido a dedo. Tinha muitos ali que não mereciam estar vestindo aquela camisa e representando mais de 40 milhões de pessoas. Comprometimento é tudo. Tinha uma galera que estava comprometida, sim, mas outra turma não estava. Precisa ter isso. Se não tiver, serei o primeiro a sair e falar. Se não gostar, é simples: me manda embora. Eu já fiz isso algumas vezes. Eu fui polêmico, sim, mas estava ganhando tudo. E aí, vai reclamar de quê?", declarou Sheik, em entrevista à TV Globo.

O exigente Emerson Sheik também não mostrou muito otimismo com o 2016 rubro-negro. Pelo menos até aqui, com poucos reforços contratados para a temporada.

"Campeão eu não acredito muito. Com mais atleta e mais qualidade, a gente pode começar a pensar em título. Por enquanto, não dá", analisou.

Sheik foi otimista em relação a Guerrero. O atacante projeta uma temporada de sucesso do peruano e analisa a fase ruim vivida pelo camisa 9.

"O time também não ajudou muito. Se faltou dele, faltou de todo mundo. A responsabilidade precisa ser dividida. A verdade mesmo é que ele pode muito mais. Ele estava p... da vida. É um cara que se acostumou a viver momentos felizes, de jogar bem e fazer gols. E ficou faltando isso. Ele sabe disso, todo mundo sabe. Mas é um craque, o melhor camisa 9 dos países sul-americanos. A galera pode saber que o gringo vai bombar em 2016", declarou.

Aos 37 anos, Sheik renovou com o Flamengo até o fim de 2016. No ano passado, ele disputou 26 jogos e marcou seis gols. Ao todo, Emerson tem 52 partidas e 17 gols pelo Rubro-Negro.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia