Com reservas, Flamengo não sai do zero contra o Atlético-GO pela Copa do Brasil

Rubro-negro carioca precisa de um empate com gols para se classificar

Por O Dia

Rio - O Flamengo começou a sua caminhada na Copa do Brasil com um empate. Em campo com uma equipe quase que inteiramente reserva, o Rubro-negro carioca ficou no empate sem gols contra o Atlético-GO no confronto de ida das oitavas de final da competição.

Com o resultado, o Flamengo avança de fase caso consiga um empate com gols no jogo de volta. Se houver outro 0 a 0, a decisão será nos pênaltis. Quem vencer se classifica. As duas equipes voltam a se enfrentar no duelo de volta da Copa do Brasil no próximo dia 24. A partida vai acontecer no Serra Dourada.

Pelo Brasileirão, o Flamengo faz a sua estreia neste sábado contra o Atlético-MG, no Maracanã, às 19 horas. De volta à elite, o Atlético-GO joga contra o Coritiba, na segunda-feira, ás 20 horas, no Couto Pereira.

Flamengo ficou no empate com o Atlético-GO no MaracanãGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

O JOGO

Entrar em campo com uma equipe praticamente toda reserva não impediu o Flamengo de ser dominante no primeiro tempo contra o Atlético-GO. O Rubro-negro carioca teve mais posse de bola, mas não conseguiu sair na frente antes do intervalo no Maracanã.

A primeiro oportunidade demorou a acontecer. Com muita posse de bola, os cariocas tinham dificuldades na criatividade. Aos 22 minutos, o Flamengo chegou bem. Damião ajeitou bem para Matheus Sávio, que chutou por cima do gol de Kléver.

Flamengo precisa de um empate com gols no jogo de volta para se classificar Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

A melhor chance aconteceu aos 29 minutos. Rafael Vaz lançou a bola para área, Damião ganhou de Kléver na subida e o goleiro teve que torcer muito para não levar o gol. A sorte dele foi que a bola acabou passando para fora.

Os goianos tiveram uma boa oportunidade apenas no fim da primeira etapa, em um lance de bola parada. Jorginho cobrou falta, a bola passou por todo mundo, inclusive por Júnior Viçosa, que livre não conseguiu o toque que seria fatal para Muralha.

O Flamengo voltou com uma mudança para o segundo tempo. Gabriel deixou a equipe para o lugar de Pará. Com oito minutos, os cariocas quase marcaram. Vaz lançou, Damião ajeitou e Rodinei carimbou a trave do clube goiano. Aos 11 minutos, o Flamengo voltou a assustar. Rafael Vaz cobrou falta e o goleiro Klever fez boa defesa.

Com o passar do tempo, o Atlético-GO conseguiu acertar a marcação e não passar sufoco. Zé Ricardo colocou Vizeu na vaga de Damião buscando renovar a equipe nos minutos finais. Porém, não houve melhora no último passe e a partida terminou mesmo empatada.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 0 X 0 ATLÉTICO-GO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Auxiliares: José Eduardo Calza (RS) e Lúcio Beiersdorf Flor (RS)
Renda/Público: 33.161 presentes/ 30.092 pagantes / R$ 816.820,00
Cartões Amarelos: -
Cartões Vermelhos: -
Gols: -

Flamengo: Alex Muralha; Rodinei, Juan, Rafael Vaz e Renê; Cuéllar, Ronaldo e Matheus Sávio (Ederson); Gabriel (Pará), Lucas Paquetá e Leandro Damião (Felipe Vizeu)
Técnico: Zé Ricardo

Atlético-GO: Kléver; Eduardo, Roger Carvalho, Ricardo Silva e Bruno Pacheco; Igor, Marcão, Jorginho e Walterson (Silva); Everaldo (Betinho) e Júnior Viçosa (Rafael Bonfim)

Técnico: Marcelo Cabo