Mais Lidas

Flamengo retorna às raízes para ficar de bem com a Nação

Exibição de garra contra o Fluminense anima Rueda na luta pelo título e G-4 no Brasileirão

Por pedro.logato

Rio - Ao buscar o empate em 3 a 3 com o Fluminense que chegou a estar vencendo por 3 a 1 , o Flamengo, além de passar à semifinal da Sul-Americana, mostrou força para buscar o título e, no Brasileiro, o G-4. Um poder de reação nascido da combinação dos componentes da essência rubro-negra: golaço de falta do camisa 10, Diego; o brilho de valores fabricados no clube, como Vinicius Júnior, Felipe Vizeu e Lucas Paquetá; apoio da arquibancada; e raça, amor e paixão a cada bola dividida. Uma junção que, aos olhos de Reinaldo Rueda, ganha contornos sobrenaturais.

"Parabéns ao time pela entrega, pela mística. O Flamengo demonstrou sua história e seu caráter diante de um rival muito difícil. Jogo intenso contra um rival com muita vontade. Creio que o trabalho feito pelo time foi imposto. Parabenizar a torcida pelo apoio", afirmou Reinaldo Rueda, que parecia encantado.

Classificação contra o Fluminense deu novo ânimo ao FlamengoGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

Mesmo sentimento despertou Vinicius Júnior na imprensa espanhola. O garoto de 17 anos colocou fogo no Fla-Flu e, embora não tenha feito gol ou dado assistência, teve a atuação exaltada pelo jornal Marca. Segundo o veículo, o futuro atacante do Real Madrid é um "jogador completo."

Na volta para o segundo tempo do Fla-Flu, os rubro-negros gritavam "queremos raça!" A torcida perdoa a falta de inspiração, mas não tolera a de transpiração. Aos poucos, o time começa a se moldar dentro do DNA do clube.

"Todas as equipes campeãs se formam com o tempo, não é de uma hora para a outra. Mais uma vez estamos numa semifinal de um torneio importante. E isso vale ser comemorado. O que passou em outros campeonatos ficou. São cicatrizes que ficaram. Não tem como esconder", disse Diego.

GUERRERO PODE PEGAR O GRÊMIO

Guerrero será reavaliado no treino desta manhã, no Ninho do Urubu, para saber se enfrentará o Grêmio, domingo, em Porto Alegre. No departamento de futebol do Flamengo, o clima é de otimismo. Pela evolução do atacante no tratamento de um edema na coxa esquerda, a expectativa é que ele estará à disposição.

Já Juan não enfrentará o time gaúcho. O jogador foi substituído no segundo tempo do Fla-Flu por Rafael Vaz, com dores na coxa direita. Reavaliado ontem pelos médicos, o zagueiro não teve constatada lesão, mas será examinado novamente hoje. De qualquer forma, será poupado para evitar problemas maiores. Reinaldo Rueda já não conta com Réver, machucado no joelho direito.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia