Paquetá será um dos poucos titulares do Flamengo em ação na partida de hoje em Macaé: garoto atravessa ótimo momento e sonha alto - GILVAN DE SOUZA / FLAMENGO
Paquetá será um dos poucos titulares do Flamengo em ação na partida de hoje em Macaé: garoto atravessa ótimo momento e sonha altoGILVAN DE SOUZA / FLAMENGO
Por O Dia

Rio - Com apenas 20 anos, Lucas Paquetá assume responsabilidades de gente grande no Flamengo. E é justamente por essa mescla de experiência com juventude que o meia será um dos poucos titulares em campo neste sábado, às 19h30, no Moacyrzão, contra o Macaé, pela penúltima rodada da fase de grupos da Taça Rio. A maioria será poupada para a partida de quarta-feira contra o Emelec, em Guayaquil, no Equador, pela segunda rodada do Grupo 4 da Libertadores da América.

Em ótima fase, Paquetá sonha até com uma convocação do técnico Tite para a seleção brasileira que disputará a Copa do Mundo na Rússia, em junho e julho: "Tive realização de um sonho, que é vestir a camisa do Flamengo. Todos sonham com a Seleção principal. Trabalho devagar, na minha. Se acontecer, vou ter uma gratidão enorme", afirmou o meia.

Paquetá coroou o bom momento com um golaço de falta, fechando a vitória por 3 a 0 sobre o Boavista, quarta-feira. Na cobrança, pelo lado direito, ele colocou uma curva impressionante na bola, que entrou no ângulo. "O Paulo (César Carpegiani, técnico do Fla) deixa a gente bem à vontade para decidir dentro do campo. Eu e Diego conversamos e estamos tendo sucesso", destacou.

O xodó da torcida mantém a seriedade para o jogo, mesmo com maioria reserva: "O Flamengo é montado para uma temporada. Quem entrar vai representar o Flamengo. É mais uma oportunidade (para que mostrem serviço)."

Além de Paquetá, dentre os que serão titulares em Guayaquil, o goleiro Diego Alves e o volante Jonas começarão o jogo em Macaé. Eles foram poupados na quarta-feira e serão usados para não perder ritmo. Jonas será titular na quarta-feira porque o colombiano Cuéllar cumprirá o último dos dois jogos de suspensão por ofender a arbitragem da final da Copa Sul-Americana.

 

Você pode gostar
Comentários