Paquetá, um reforço que pode vir do céu para o Flamengo

Possível presença do meia ameniza o clima de insatisfação e desconfiança no Rubro-Negro para duelo com o Timão

Por Vitor Machado

Paqueta no treino da Seleção antes de enfrentar El Salvador: viagem após o amistoso para reforçar o Fla
Paqueta no treino da Seleção antes de enfrentar El Salvador: viagem após o amistoso para reforçar o Fla -

Rio - Vem dos céus a esperança do Flamengo de driblar o trauma da Libertadores. Não por orações, mas de avião fretado. Sem Lucas Paquetá, que chegará com Cuéllar dos Estados Unidos a fim de enfrentar o Corinthians, amanhã, às 21h45, no Maracanã, pela semifinal da Copa do Brasil, o Rubro-Negro perdeu para o Cruzeiro, em casa, o primeiro confronto das oitavas de final da Libertadores, por 2 a 0. A expectativa de ter o meia em boas condições é cultivada num terreno inundado por insatisfações e desconfiança.

Entre Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores, o Flamengo atuou cinco vezes sem Paquetá este ano: ganhou duas e perdeu três aproveitamento de 40%. Com o meia, o desempenho salta para 63,44% 16 vitórias, 11 empates e quatro derrotas, em 31 partidas.

A semente da indignação rubro-negra foi plantada pela convocação do meia para os amistosos da seleção brasileira contra Estados Unidos e El Salvador. A recusa da CBF em remarcar a semifinal de amanhã serviu de fertilizante.

Tite garantiu que Paquetá não atuará por tempo suficiente para que haja desgaste, hoje, contra El Salvador. No entanto, a ausência dele nos treinos do Flamengo e o fato de ele ter que enfrentar uma viagem na madrugada do dia da partida são vistos como fator de desequilíbrio.

A Colômbia, de Cuéllar, enfrenta a Argentina esta noite. O volante ficou o tempo todo no banco contra a Venezuela, sexta-feira passada.

O sentimento cresceu ainda mais com o anúncio de Bráulio da Silva Machado como árbitro do duelo. O juiz apitou o jogo do Flamengo contra o Palmeiras e recebeu duras críticas dos cariocas por ter dado apenas cartão amarelo a Felipe Mello, após forte entrada em Vinicius Júnior.

"Só por ele ter sido incluído no sorteio demonstra falta de respeito ao Flamengo. Isso, a convocação do Paquetá para um amistoso inexpressivo e a negativa em adiar a partida para são evidências da interferência no equilíbrio da competição. Absolutamente revoltante", disse o presidente Eduardo Bandeira de Mello em entrevista ao site 'globoesporte.com'.

 

CASA CHEIA E SEGURANÇA A POSTOS

Foram vendidos até ontem 38 mil ingressos para o jogo de amanhã, entre Flamengo e Corinthians, no Maracanã. Os setores Norte e Maracanã Mais estão esgotados. Sinal de que haverá grande público. O evento, que envolve as duas maiores torcidas do país, é de alto risco, segundo as autoridades.

Por isso, será montado um esquema especial, com um perímetro de segurança maior do que o de costume. A partir das 19h de amanhã, serão fechadas as ruas Eurico Rabello, Oduvaldo Cozzi e Avenida Maracanã, além de duas faixas da Radial Oeste. CET-Rio pede para que torcedores e moradores priorizem o metrô. Serão quase 800 pessoas envolvidas para que a ordem seja mantida. Os portões do estádio serão abertos às 19h15.

Galeria de Fotos

Paqueta no treino da Seleção antes de enfrentar El Salvador: viagem após o amistoso para reforçar o Fla Lucas Figueiredo/CBF
Paquetá é um dos destaques do Flamengo Gilvan de Souza / Flamengo
Leo Valencia voltou a ser relacionado depois de um mês fora do time devido a uma lesão na panturrilha Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Lucas Paquetá pode deixar o Flamengo Gilvan de Souza / Flamengo

Comentários