Presidente do Flamengo se preocupa com semifinal: 'A vitória virá se o juiz deixar'

Rubro-negro precisa vencer Corinthians para chegar à final da Copa do Brasil

Por O Dia

Bandeira de Mello
Bandeira de Mello -

Rio - O Flamengo volta a entrar em campo, nesta quarta-feira, para enfrentar o Corinthians pelo jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil. Sabendo da necessidade de vencer, o presidente do Rubro-negro, Eduardo Bandeira de Mello não faz questão de esconder a preocupação para a partida.

Contudo, não são as questões técnicas que preocupam o dirigente, mas sim a influência que a arbitragem pode ter. Abordado no Maracanã após a vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-MG, o presidente afirmou que o árbitro pode ser decisivo para o resultado e que a classificação virá 'se o juiz deixar'.

O confronto entre o Flamengo e Corinthians será em São Paulo, na próxima quarta-feira, na Arena Corinthians.