Saída de Paquetá faz Flamengo priorizar permanência de Diego

Apoiador tem contrato até o meio do ano que vem

Por

Dono de um dos maiores salários do elenco, Diego tem contrato até julho 
de 2019
Dono de um dos maiores salários do elenco, Diego tem contrato até julho de 2019 -

Rio - A saída de Paquetá em janeiro pode fazer o clube investir um pouco mais na permanência de Diego. O meia chegou com status de ídolo, daqueles que fecham o aeroporto, e foi recebido por uma multidão. Depois, alternou bons e maus momentos e foi até agredido no embarque para o jogo contra o Ceará pelo Campeonato Brasileiro.

Perto de completar 34 anos e dono de um dos maiores salários no atual elenco, Diego tem vínculo com o Flamengo até o dia 31 de julho de 2019 a partir de janeiro, ele já poderá assinar um pré-contrato com outro clube. No entanto, como haverá eleições no fim do ano, tudo indica que as negociações fiquem para o próximo presidente.

Ao site 'Globoesporte.com', Djair Ribas, pai e empresário de Diego, reafirmou o desejo do jogador de renovar o contrato, mas reconheceu que esse assunto só deverá ser analisado com atenção em 2019.

A saída de Paquetá deixa uma lacuna no elenco, sobretudo de uma liderança técnica, e esse espaço poderia continuar preenchido por Diego, principalmente para fazer uma nova transição com os garotos da base.

Com uma lesão na coxa direita, Diego dificilmente terá condições de jogar o Fla-Flu de sábado, às 17h, no Maracanã.

Comentários