Com promoção para a torcida, Flamengo conta com o Maracanã para abrir vantagem na Liberta

Rubro-Negro fará sequência de três jogos em casa, a começar pelo jogo contra a LDU, quarta-feira

Por MH

Flamengo e Palmeiras empatam no Maracanã
Flamengo e Palmeiras empatam no Maracanã -

Rio - Mais do que Bruno Henrique, Diego Alves, Arrascaeta ou Gabigol, a torcida do Flamengo será fator fundamental para um bom desempenho na primeira fase da Copa Libertadores. Isso porque o Rubro-Negro terá uma sequência de três jogos no Maracanã, a começar pelo duelo contra a LDU, do Equador, na próxima quarta-feira (13), às 21h30. A competição faz uma pausa, e no dia 3 de abril, o Flamengo recebe o Peñarol. Uma semana depois, é a vez de enfrentar o San José no Maracanã.

O Flamengo já conseguiu superar o desafio que parecia mais difícil na fase de grupos: vencer o San José na Bolívia, na altitude de 3.700 metros. A equipe soma três pontos, e uma sequência de duas vitórias em casa pode encaminhar a classificação como o líder do Grupo D. Para isso, o Mais Querido conta com a força do torcedor. A diretoria fez até uma promoção para quarta-feira, contra a LDU: sócios-torcedores têm direito a três ingressos extra para os setores Oeste e Sul. Os valores variam entre R$ 100 (R$ 50 a meia entrada para o Setor Sul) e R$ 180 (R$ 90 a meia entrada para Oeste Inferior). Os setores Norte, Leste inferior e Oeste inferior já estão esgotados. 

Até agora, mais de 45 mil ingressos foram vendidos. A marca já é maior que todos os públicos do Flamengo na Libertadores do ano passado. Na edição de 2018, os dois primeiros jogos no Maracanã, contra River Plate e Santa Fe, foram com portões fechados, punição pela invasão na final da Sul-Americana de 2017. Nos jogos com torcida, o Flamengo teve cerca de 40 mil presentes contra o Emelec, e 45 mil presente contra o Cruzeiro, nas oitavas de final.