Boa notícia no Mengão

Recuperado, Bruno Henrique joga na quinta e tem julgamento por expulsão adiado

Por O Dia

Além de se recuperar das dores musculares, Bruno Henrique só vai ser julgado a partir da semana que vem
Além de se recuperar das dores musculares, Bruno Henrique só vai ser julgado a partir da semana que vem -

Recuperado de dores musculares, o atacante Bruno Henrique trouxe alívio para a torcida do Flamengo, que na próxima quinta-feira, às 21h, no Maracanã, recebe os bolivianos do San José, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores.

Sem Gabriel Barbosa, suspenso pela expulsão contra o Peñarol, do Uruguai, no compromisso passado, e Uribe, lesionado, Bruno Henrique treinou ontem sem problemas e garantiu a sua escalação.

A outra boa notícia já é referente à participação do jogador no clássico com o Vasco, no domingo, muito provavelmente no Estádio Nilton Santos, na primeira partida da decisão do Campeonato Carioca.

Expulso contra o Fluminense, na final da Taça Rio, Bruno Henrique iria ser julgado ontem pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ), mas, a pedido do advogado do Rubro-Negro, Michel Assef Filho, a sessão será remarcada devido à mudança na denúncia.

Sendo assim, pelo menos para o domingo, o atacante poderá ser utilizado pelo técnico Abel Braga sem problemas. Por outro lado, a mudança na data do julgamento aumenta o risco de pena mais pesada. A entrada violenta no lateral tricolor Gilberto foi enquadrada no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (praticar jogada violenta) parágrafo 1º, I, (emprego de força incompatível com padrão razoavelmente esperado para modalidade), com pena que varia de um a seis jogos.

No julgamento, a procuradoria mudou a denúncia para o 254-A (praticar agressão física durante a partida, prova ou equivalente), com pena de quatro a 12 partidas. Por ter no histórico uma advertência pelo vermelho recebido contra o Vasco, dia 9 de março, Bruno Henrique poderá ser condenado como réu não primário. A expectativa é de que a nova sessão aconteça na semana do segundo jogo da final do Carioca.

Comentários