Flamengo goleia San José e fica mais perto da classificação na Libertadores

Rubro-Negro, que jogou com um a mais desde os três minutos do primeiro tempo, faz 6 a 1 e abre cinco pontos para a LDU, terceira colocada

Por HUGO PERRUSO

11/04/2019 - Taca Libertadores 2019 - Jogo entre Flamengo x San Jose, no estadio do Maracana, Rio de Janeiro, Brasil. foto de Alexandre Brum / Agencia O Dia
11/04/2019 - Taca Libertadores 2019 - Jogo entre Flamengo x San Jose, no estadio do Maracana, Rio de Janeiro, Brasil. foto de Alexandre Brum / Agencia O Dia -

Rio - O Flamengo tentou se complicar na primeira etapa, mas dessa vez fez o dever de casa em seu último jogo nesta fase no Maracanã e ficou próximo da classificação para as oitavas de final. Com a goleada por 6 a 1 obre o San José (BOL), que jogou com um a menos desde os três minutos, o Rubro-Negro assumiu a liderança do Grupo D, com nove pontos e saldo melhor que o Peñarol, e abriu cinco para a LDU, terceira colocada. Os gols foram de Éverton Ribeiro (dois), Diego, Arrascaeta, Vitinho e Gutiérrez (contra). Agora, o Flamengo precisa de um empate nos próximos dois jogos fora de casa para seguir vivo na Libertadores.

Com Maracanã cheio, o Flamengo foi avassalador em apenas três minutos, fez 1x0 e ainda viu o frágil San José ter um jogador expulso. Início dos sonhos e vitória definida, certo? Não para o Flamengo e sua capacidade de se complicar em Libertadores.

Apesar do gol de Diego, aos dois, e da expulsão exagerada de Toco, por falta em Bruno Henrique, aos três, o Rubro-Negro sofreu na primeira etapa. Sem repertório ofensivo, o time de Abel Braga levou um gol do San José, com a defesa envolvida por três bolivianos: Diego Alves salvou no primeiro chute, mas Saucedo pegou o rebote sozinho para empatar, aos 18.

O início da jogada teve impedimento não sinalizado. Ainda assim, parecia que o Rubro-Negro é quem tinha um homem a menos. A sorte é que a superioridade técnica pesou e o San José foi inocente ao se lançar à frente. E em contra-ataque, Éverton Ribeiro fez o segundo após jogada de Bruno Henrique, aos 30. O atacante, que se recuperou de dores na coxa direita e jogou de centroavante no lugar do suspenso Gabigol, podia ter ampliado ao roubar a bola do goleiro, mas chutou mal.

Ao todo, o Flamengo deu 13 chutes na primeira etapa e ainda assim saiu vaiado pela sua torcida. Afinal, quase levou o empate de novo, sendo salvo por Diego Alves em chute de Ramallo. Mesmo sem ser brilhante após o intervalo, o Rubro-Negro seguiu criando chances desde o início e conseguiu marcar o terceiro gol em belo chute de Arrascaeta, aos 11.

Apesar da superioridade, o Flamengo ainda levou susto na parte defensiva - Diego Alves mais uma vez salvou em chute de Torrico -, e seguiu irritando os seus torcedores. No ataque, o time de Abel mandou uma bola na trave com Rodrigo Caio e Diego chutou na rede pelo lado de fora, mas só no fim transformou o placar em goleada. O quarto gol saiu aos 33, novamente com Éverton Ribeiro, e o quinto foi marcado por Vitinho, cobrando pênalti aos 39. E ainda houve tempo para o sexto, em gol contra de Gutiérrez após cruzamento de Pará, aos 42.

Galeria de Fotos

11/04/2019 - Taca Libertadores 2019 - Jogo entre Flamengo x San Jose, no estadio do Maracana, Rio de Janeiro, Brasil. foto de Alexandre Brum / Agencia O Dia Alexandre Brum / Agencia O Dia
Éverton Ribeiro comemora um de seus gols Alexandre Brum / Agencia O Dia

Comentários