Comentarista vê paternalismo no Flamengo: 'A função do técnico não é beber vinho com os jogadores'

Abel Braga é visto como 'paizão' no elenco rubro-negro

Por O Dia

Abel Braga
Abel Braga -
Rio - O Flamengo venceu o Athletico-PR por 3 a 2 porém o resultado positivo não foi o suficiente para aliviar a pressão sobre o técnico Abel Braga. Além dos torcedores, a imprensa esportiva também vem criticando o comandante. Na opinião do comentarista da ESPN Brasil, Mauro Cezar Pereira, o treinador não vem cumprindo o seu principal papel.
Mauro Cezar Pereira - Reprodução
"O Flamengo não precisa de um treinador parceiro dos jogadores, mas de um profissional que os faça jogar mais e melhor. Se tomam vinho, batem papo, ouvem as mesmas músicas ou acham que ele é pai de todos, não importa", afirmou.
O comentarista ainda lembrou que o Flamengo vive um jejum de títulos importantes e que alguns problemas antigos do clube podem se repetir.
"Resta saber se os chefes do chefe percebem que depois de um período no qual o paternalismo dos dirigentes imperava no futebol rubro-negro, ele resiste, agora pelas mãos do técnico. E isso até aqui não levou a lugar algum", disse.

Galeria de Fotos

Abel Braga Delmiro Junior/Parceiro/Agência O Dia
Mauro Cezar Pereira Reprodução

Comentários