Abel Braga - Delmiro Junior/Parceiro/Agência O Dia
Abel BragaDelmiro Junior/Parceiro/Agência O Dia
Por O Dia
Rio - A saída do treinador Abel Braga do Flamengo não se deu em clima amistoso. Em nota oficial, a assessoria do técnico publicou um desabafo em nome do comandante. Ele deixou o clube carioca após sofrer pressão interna e externa no cargo de técnico do Rubro-negro.
"Na vida, seja na minha carreira de jogador ou de treinador, sempre estive preparado para as grandes pressões e os grandes momentos. Sempre me dei bem com isso. E me habituei a encarar esses desafios de cabeça erguida. Mas jamais estive preparado para covardias e articulações. O que não suporto é traição. Eu me senti sem respaldo, isolado em certo momento. O que posso afirmar é que o Flamengo é muito maior do que tudo isso. O clube vai brilhar por tudo que plantou nesses últimos anos, por esse terreno fértil, por sua grandeza.”, desabafou.
Publicidade
Sobre o elenco do Flamengo, o ex-técnico só fez elogios aos seus comandados. Abel deixa o comando do Rubro-negro tendo conquistado o título do Campeonato Carioca.
“Jamais vou esquecer esse grupo, competitivo e dedicado ao extremo. São homens de caráter, prontos para conquistar grandes títulos esse ano. Sempre soube que eles dariam a resposta em campo. Foi uma despedida emocionante. Quero aproveitar para agradecer em público a cada um deles, além de cada integrante da comissão técnica e funcionários. E também a grande Nação de torcedores", disse.