Com trio de ataque inspirado, Flamengo atropela o Internacional no Maracanã

Implacável, Rubro-Negro chega a 103 gols no ano e a dez vitórias como mandante no estádio

Por MARCELO BERTOLDO

Arrascaeta e Gabigol mostram entrosamento em campo: dupla já fez 46 gols no Brasileiro
Arrascaeta e Gabigol mostram entrosamento em campo: dupla já fez 46 gols no Brasileiro -
Rio - Sim, teve gol do Gabigol, o 18º no Brasileiro, e também de Arrascaeta e Bruno Henrique, na vitória de 3 a 1 do Flamengo sobre o Internacional, na irretocável campanha no Maracanã, com 100% de aproveitamento em dez jogos como mandante. Com 103 gols marcados em 2019, o Rubro-Negro tem no poderio ofensivo a maior virtude para seguir isolado na ponta da competição, com 48 pontos. Com 36, o Inter segue em quarto.
Na reedição do confronto pelas quartas de final da Libertadores, a rivalidade à flor da pela se manteve intacta no clássico válido pelo Brasileiro. Da arquibancada, a torcida provocava o rival ao coro de 'eliminado'. E em campo, o Flamengo, embalado e paciente, não demorou para tomar conta do jogo.
De pênalti, o Rubro-Negro abriu o placar com Gabigol, aos 19 minutos. O gol coroou o belíssimo drible de corpo do atacante sobre Klaus, o drible em Marcelo Lomba. O golaço não foi confirmado porque Bruno puxou o camisa 9 e acabou expulso após a marcação da falta.
Foi o suficiente para o controle emocional dos gaúchos se perder de vez. Mais exaltado, Guerrero acabou expulso. Ele, que já vinha se estranhando com Rodrigo Caio, levou a pior ba dividida com o zagueiro, cortou o rosto, mas o descontrole na reclamação foi tamanho que foi advertido com o cartão vermelho.
Com dois jogadores a menos, o Colorado sabia que a missão de segurar o Flamengo no segundo tempo seria dos mais difíceis. Na base da raça, chegou ao empate com Edenílson, aos três minutos, premiando o esforço de Patrick para recuperar uma bola perdida na linha de fundo.
Foi o suficiente para o Flamengo espantar o comodismo. Com maior posse de bola e uma pressão de tirar o fôlego, a equipe chegou ao segundo gol com Arrascaeta, de cabeça, após preciso cruzamento de Rafinha, aos 10'.
Depois de perder duas boas chances, Bruno Henrique se redimiu na açucarada assistência de Arrascaeta, aos 29. Até o apito final, o que o jogo se resumiu a ataque contra defesa. Aos gritos de olé, o Flamengo deixou o Maracanã com a sensação de dever cumprido, e cada vez mais líder.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Arrascaeta e Gabigol mostram entrosamento em campo: dupla já fez 46 gols no Brasileiro Luciano Belford/Agência O Dia
No ano mais artilheiro da carreira, Gabigol celebra o gol de pênalti contra o Internacional Luciano Belford/Agência O Dia
Rio de Janeiro - 24/09/2019 - Gabriel do Flamengo durante partida contra a equipe do Internacional no estadio do Maracana valido pelo Campeonato Brasileiro 2019. Foto: Luciano Belford/agencia O Dia Luciano Belford/Agência O Dia

Comentários