Mais Lidas

Flamengo x Grêmio: qual o melhor futebol do Brasil? Comentaristas opinam

Renato Gaúcho e Jorge Jesus gostam do futebol ofensivo; treinadores duelam pelas semifinais da Libertadores

Por Yuri Eiras

Jorge Jesus
Jorge Jesus -
Rio - O Flamengo nasceu para ser otimista, ambicioso, exagerado na vitória e na derrota. O Grêmio, ao contrário, ama ser o time dasuperação. A torcidagosta de vencer com sofrimento, de virada, de preferência sendo o time mais modesto a derrotar um poderoso. Não à toa é chamado de Imortal Tricolor. Amanhã, em Porto Alegre, duas escolas diferentesduelam no jogo de ida das semifinais da Libertadores. Uma pergunta tem tomado as ruas do Rio e de Porto Alegre: quem joga o melhor futebol do Brasil?
A convite do O DIA, Leonardo Bertozzi, comentarista dos canais ESPN, e Cristiano Munari, repórter do jornal gaúcho Zero Hora, opinaram. "É preciso separar. Hoje, o Flamengo tem jogado um futebol mais vistoso. Tem o mérito de conseguir reunir vários jogadores de alto nível sem incompatibilizá-los. Isso taticamente não é simples de fazer, e o Jorge Jesus em pouco tempo conseguiu organizar. Tem sido muito bonito de ver. O Grêmio tem esse futebol há mais tempo. O Renato tem pelo menos três anos praticando esse futebol, e com diferentes elencos", avaliou Bertozzi.
Renato Portaluppi no Rio Grande, Renato Gaúcho no Rio de Janeiro. O nome muda, mas a característica não: o treinador do Grêmio é malandro e tem colocado o favoritismo no lado rubro-negro. Mas, em entrevistas, bate na tecla de que seu time é o melhor do país. Cristiano Munari, repórter do jornal gaúcho Zero Hora, opina: "O Renato nem ninguém está proibido de dizer que o Grêmio joga o melhor futebol do Brasil. As conquistas e os resultados dos últimos três anos do clube permitem isso. Eu, no entanto, penso que desde a chegada do Jorge Jesus o Flamengo tem jogado um futebol que encanta mais que qualquer outro time do Brasil, inclusive o Grêmio". Bertozzi vai na mesma linha: "a principal diferença que eles têm é de tempo. Mas hoje, diria que o primeiro time que você assiste na televisão é o Flamengo".
Rivalidade entre Renato e Jesus aumenta
Desde o anúncio das semifinais, há um mês,a temperatura tem subido entre Flamengo e Grêmio. Em entrevista à Zero Hora, recentemente, Renato disse que Jesus "nunca conquistou nada e está com 65 anos". O português evitou o confronto, mas foi irônico ao reconhecer que Renato é mais experiente. "Essa questão das declarações do Renato sobre o Jesus não têm sido encaradas como uma rivalidade por aqui. Se entende que o Renato está fazendo um jogo de mandar a responsabilidade para o Flamengo", comenta Munari. "A torcida do Grêmio historicamente se identifica com esse discuso da superação. Isso se deu muito pelos anos 1990 quando o Grêmio encarava o Palmeiras da Parmalat".
Leonardo Bertozzi entende que atrás das alfinetadas se esconde a admiração de lado a lados. "Acho que essa troca de provocações esconde um respeito. O Renato está demonstrando que respeita o Jesus. Aí, já é a batalha de tentar desestabilizar antes dos jogos".
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Jorge Jesus Reginaldo Pimenta / Agencia O Dia
Jorge Jesus e Renato Gaúcho vão travar um duelo à parte no clássico Divulgação