Denílson pede calma a Arrascaeta com retorno ao Flamengo: 'Não pode se precipitar'

Comentarista também revelou quem escalaria na vaga do uruguaio

Por O Dia

Denílson
Denílson -
Rio - Após a operação de Arrascaeta, os torcedores do Flamengo ficaram otimistas sobre um possível retorno do jogador a tempo de enfrentar o Grêmio. No entanto na opinião do pentacampeão do mundo e atual comentarista da Band, Denílson, é preciso que o uruguaio tenha cautela.
"Uma pena que o Arrascaeta sinta essa lesão e passe por cirurgia no melhor momento dele no Flamengo. Se serve como conselho, se o médico falar um mês, respeita o tempo. Respeita o tempo que médico falar. Não vai na empolgação de querer voltar porque é uma semi de Libertadores. Tudo bem que é muito importante e tem um peso para o jogador, mas, vida longa, né?", disse.
Denílson afirmou que já teve uma lesão semelhante e acabou forçando demais no retorno, o que acabou contribuindo para uma piora na sua contusão. "Minha primeira cirurgia de joelho foi de menisco, artroscopia, e eu quis voltar antes, por uma pressão do clube. Eu jogava no Bétis (ESP) na época, tive essa pressão para voltar antes e, seis meses depois, eu comecei a sentir um problema de cartilagem. Aí virou uma bola de neve", recordou.
O pentacampeão do mundo ainda opinou sobre o que faria no lugar de Jorge Jesus se o desfalque de Arrascaeta for realmente confirmado. "Colocaria o Piris da Motta no meio de campo e adiantaria o Gerson", opinou.

Galeria de Fotos

Denílson Reprodução
Arrascaeta Divulgação / Flamengo

Comentários