Joel Santana lembra bronca em esposa de Obina: 'Pedia sanduíche em casa'

Treinador lembrou gol decisivo do atacante que salvou o Flamengo do rebaixamento

Por O Dia

Joel santana já comandou os quatro grandes cariocas
Joel santana já comandou os quatro grandes cariocas -
Rio - Um dos técnicos mais vitoriosos futebol carioca, Joel Santana comandou todos os grandes do Rio de Janeiro, conquistando títulos em todos os clubes por onde passou. Pelo Flamengo, o treinador conquistou duas vezes o Campeonato Carioca e a Copa Ouro da Conmebol.
No programa 'Boleiragem', Joel revelou que durante a passagem pelo Flamengo, precisou ter uma conversa com a esposa de Obina para proibir o jogador de comer sanduíche. Segundo o treinador, o atacante usava uma desculpa para 'sair da linha': "Ele dizia que, quando estava em casa, assistindo a novela, a esposa chegava com o Big Mac e dava uma mordida também", levando os comentaristas Roger e Júnior às gargalhadas.
Apesar dos problemas com a alimentação, Joel Santana deu mais uma chance para Obina, contra o Paraná. E acabou que o atacante foi fundamental para salvar o Flamengo do rebaixamento do Campeonato Brasileiro em 2005. O 'Papai' treinador deu as instruções antes do jogo: "Contra o Paraná, ele entrou. Falei: 'Obina, fica ali que ele (o zagueiro) não acompanha muito. Daqui a pouquinho, tu vira e chuta'", explica. O atacante marcou e agradeceu: "Essa é para você, Papai".

Comentários