Bruno Henrique diz ter sido alvo de 'macumbaria' e se declara ao Flamengo: 'Maior do mundo'

Atacante vive o seu auge no futebol aos 28 anos

Por O Dia

Flamengo
Flamengo -
Rio - O atacante Bruno Henrique está vivendo a melhor fase da sua vida aos 28 anos. O sucesso considerado tardio para um jogador de futebol pode ser explicado, de acordo com o jogador por algo sobrenatural. Em conversa com o pastor e ex-jogador Ricardo Pinudo, o jogador do clube carioca falou sobre o seu caminho como jogador.
"Fizeram "macumbaria" para não chegar no meu sucesso. Deus falou para ter paciência, que o melhor estava por vir. E hoje eu posso contar que o melhor aconteceu na minha vida: ter sido chamado para a Seleção e jogando no melhor time do mundo. Não conquistei nada ainda, mas se Deus quiser vai ser coroado com chave de ouro esse ano", afirmou em palestra para para cerca de 400 pessoas na noite de segunda-feira, no "Craques da Paz", evento beneficente na Igreja do Recreio, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. As declarações foram reproduzidas pelo site "globoesporte.com".
O jogador ainda falou sobre como o lado espiritual vem ajudando na sua trajetória dentro das quatro linhas.
"Sei da importância que é estar no caminho de Deus, minha família é toda da igreja. Vou contar um testemunho do que aconteceu comigo em 2017, no Santos. Estava no auge, cotado para Seleção, para times grandes da Europa. E no primeiro jogo do Paulista me machuquei. Tive uma lesão na vista que me deixou afastado por sete meses. Fiquei pensando: por que tinha acontecido isso comigo? A gente não deve justificar com Deus quando as coisas acontecem. Hoje entendi o por que", disse.

Comentários