Jesus é denunciado pela Conmebol por atraso, mas não corre risco de desfalcar o Flamengo na final da Libertadores

Treinador demorou dois minutos para voltar para o segundo tempo na semifinal diante do Grêmio, no Maracanã

Por Venê Casagrande

Jorge Jesus
Jorge Jesus -
Rio - O português Jorge Jesus, técnico do Flamengo, foi denunciado pela Conmebol por atraso para a volta do segundo tempo na partida contra o Grêmio, no Maracanã, na última quarta-feira, pela semifinal da Libertadores. Apesar da acusação, o comandante rubro-negro não corre risco de ser punido por um jogo de suspensão e ficar fora da decisão contra o River Plate, no dia 23 de novembro.
Segundo apurou a reportagem do O Dia, com fontes da Conmebol, como é a primeira vez que o treinador é denunciado por esse motivo, a pena máxima que o tribunal da entidade pode aplicar ao treinador do Flamengo é multa de, no mínimo, 5 mil dólares, cerca de 20 mil reais. A informação da denúncia foi divulgada primeiramente pelo "O Globo".
No primeiro turno, Abel Braga, então treinador do Flamengo, foi suspenso pela Conmebol por um jogo pois cometeu o erro de se atrasar duas vezes, contra San José e Peñarol, respectivamente. O departamento jurídico do clube já está trabalhando na defesa e mantém o otimismo que Jorge Jesus será apenas advertido.

 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários