Flamengo sorteia códigos de compra para ingressos da decisão da Libertadores

Neste sábado, sócios-torcedores relataram problemas na hora de comprar

Por Lance

Flamengo abrirá Maracanã na final da Libertadores
Flamengo abrirá Maracanã na final da Libertadores -
Rio - A procura por ingressos para a decisão da Libertadores segue enorme no Rio de Janeiro. Na manhã deste sábado, o Flamengo sorteou 200 sócios do clube com códigos que darão direito, cada um, a comprar uma entrada para a final contra o River Plate (ARG), no dia 23 de novembro. 2883 associados se inscreveram e o sorteio, por meio de um site, foi realizado na Sede da Gávea.

Cerca de 100 sócios foram ao clube na manhã deste sábado e acompanharam o procedimento. Os códigos sorteados pelo Flamengo foram destacados da carga de 12.500 ingressos para a decisão destinados aos torcedores rubro-negros e cedidos pela Conmebol, entidade organizadora da Libertadores.

Os ingressos são nominais e intransferíveis, custam R$340,00 e devem ser comprados no site da Conmebol até 4 de novembro às 20h pelos sorteados.

Para os sócios-torcedores, a venda segue pela internet. É preciso gerar o código de compra no site do clube, então, acessar o site da Conmebol para comprar o ingresso, respeitando a prioridade de acordo com o plano de sócio-torcedor.

Neste sábado, sócios-torcedores relataram problemas na hora de comprar. Os associados do Plano Amor Hexa deveriam tem acesso à compra às 9h.

Contudo, quem teve acesso à compra neste horário foram os associados do Plano Amor Tetra - que, de acordo com o clube, deveria ser aberto às 17h. O Plano Amor Penta foi aberto às 13h, seguindo a programação do Rubro-Negro.

Procurado pelo L!, o Flamengo não se pronunciou sobre o assunto até agora.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários