Agente de Gabigol revela que Inter de Milão não cogitou em segunda chance para atacante: 'Nunca foi opção'

Jogador negociava seu contrato com o Flamengo no início do ano

Por O Dia

Gabigol
Gabigol -
Rio - No fim de 2019 até o início deste ano, ainda era dúvida se Gabigol permaneceria no clube rubro-negro. Muito se falava que o atacante que foi considerado o "Rei" da América, poderia receber mais uma chance da Inter de Milão, clube que na época tinha seus direitos econômicos.
Em entrevista ao portal italiano "Calcio Mercato", Junior Pedroso, agente do atleta revelou que nunca foi uma opção do clube contar com o atacante novamente.
"Estou jogando bem no Brasil, agora eu quero voltar para a Inter e jogar bem lá?’. Ou algo do tipo? Não, nunca. A realidade é que havia qualquer chance de voltar, definitivamente. Isso nunca foi uma opção", declarou.
"Digamos que era um bom negócio para todos: a Inter queria negociar a venda, o Flamengo queria comprá-lo e Gabriel queria voltar para o clube (Flamengo). A operação foi longa em termos de tempo, porque o garoto não queria lidar durante o período mais delicado da última temporada, ou seja, quando estava jogando por troféus importantes. Ele não queria nenhuma interferência ou distração." completou.
Outro motivo alegado pela escolha de Gabigol em permanecer no Flamengo é a chance de jogar a Copa de 2022 no Catar.
"Posso dizer que ele está tão feliz. Com o Flamengo, com um clube que o acolheu em grande parte, os companheiros que o amam, os fãs que lhe dão todo tipo de atenção. Ele tem um treinador extraordinário como Jorge Jesus, que o ajudou. Nada mais é necessário. Recebemos ofertas de dois grandes clubes: um da Bundesliga e outro da Premier League. Gabriel com sua família pensou por um longo tempo e decidiu que o Flamengo era a escolha certa para continuar sua carreira em alto nível. Ele está trabalhando duro e já conquistou suas vitórias, foi convocado. A Copa do Mundo é um dos seus objetivos", contou.

Comentários