Flamengo pode acionar Adidas na Justiça por pagamento atrasado

Fornecedora atrasou a parcela que venceu no dia 1º deste mês

Por O Dia

Presidente Rodolfo Landim ao lado de Marcos Braz: comando do futebol rubro-negro
Presidente Rodolfo Landim ao lado de Marcos Braz: comando do futebol rubro-negro -
Rio - O Flamengo pode acionar a Adidas na Justiça por conta do não pagamento da parcela de patrocínio que teve vencimento no último dia 1. Segundo a ESPN, o atraso, que ocorreu 15 dias após a paralisação do futebol no Brasil por conta do coronavírus, incomodou dirigentes rubro-negros, que não acreditam que a empresa esteja passando por dificuldades financeiras e, por isso, não descarta tomar medidas judiciais.
Atualmente, o Rubro-Negro recebe duas parcelas anuais da Adidas. A primeira no dia 1 de abril, no valor de R$ 8.862.875, e a segunda em 1 de outubro, com o mesmo valor, perfazendo um total de R$ 17.725.750,00 por ano.
Neste ano, além do valor normal da cota em primeiro de abril, o Flamengo também receberia o pagamento de premiações pelos títulos da Supercopa do Brasil e Recopa Sul-Americana.

Comentários