Flamengo permite utilização gratuita de sua marca para produzir máscaras contra a Covid-19

Medida será válida até o fim de agosto

Por O Dia

Presidente Rodolfo Landim ao lado de Marcos Braz: comando do futebol rubro-negro
Presidente Rodolfo Landim ao lado de Marcos Braz: comando do futebol rubro-negro -
Rio - O Flamengo anunciou, na tarde desta domingo, a liberação da utilização de sua marca para produzir máscaras em combate à Covid-19. A medida será válida até agosto e engloba pessoas físicas e pequenos empresários, com receita anual de até R$ 180 mil. 
"O combate à Covid-19 demanda cuidado com a saúde, responsabilidade e, acima de tudo, solidariedade. O Flamengo, consciente do seu papel na sociedade, também faz parte desta luta. Esperamos que as máscaras com a nossa marca, feitas diretamente pela população, ajudem a muita gente", disse Gustavo Oliveira, vice-presidente de Comunicação e Marketing.
O clube também irá divulgar em suas redes sociais as máscaras mais criativas e com a melhor utilização da marca.

Comentários