Aplicativo aponta ansiedade e nível de estresse alto em atletas do Flamengo durante a quarentena

Elenco está realizando atividades sob orientação da comissão técnica de Jorge Jesus e sendo monitorado pelo aplicativo Coach ID

Por Lance

Atletas do Fla, como Everton Ribeiro, estão trabalhando em casa durante quarentena
Atletas do Fla, como Everton Ribeiro, estão trabalhando em casa durante quarentena -
Rio - A pandemia do coronavírus obrigou os atletas do Flamengo a praticarem o isolamento social e, por conta disto, os atletas estão realizando atividades em casa, sob orientação dos profissionais do clube, e estão sendo monitorados pelo aplicativo Coach ID. Neste último mês, a ferramenta indicou que parte dos jogadores vêm sofrendo com ansiedade e noites mal dormidas.
O preparador físico Márcio de Jesus Sampaio - membro da comissão técnica de Jorge Jesus e que está em Portugal, assim como o treinador - foi quem revelou a informação em entrevista ao jornal "Record", em videoconferência.
"Os jogadores usam diariamente quando acordam e depois da sessão de treino. Para eles é uma novidade fazer esse trabalho em casa e depois quantificar no aplicativo. Para nós é ótimo porque conseguimos o feedback. Agora temos nos deparado com algumas coisas que já esperávamos. Temos casos de jogadores que estão dormindo pouco e mal, fruto dessa ansiedade. Isso leva a um nível de estresse alto. O departamento médico foi avisado e conseguimos interferir", afirmou Marcio Sampaio ao jornal português.

O software auxilia os trabalhos de comissões técnicas, como a do Flamengo, em tarefas como planejamento de atividades, treinos táticos, construção de exercícios e análises de jogos, por exemplo. A ferramenta foi desenvolvida por dois treinadores portugueses, João Rico e Acácio Santos. Em março, ao LANCE!, Acácio explicou ao como o aplicativo Coach ID funciona utilizado pelos clubes.

Comentários