Jogador revelado pelo Flamengo diz que sentiu falta do calor da torcida no exterior

Lateral reencontrou o clube carioca em duelo no ano passado

Por O Dia

Jorge
Jorge -
Rio - Jorge, ex-lateral do Flamengo, revelou em entrevista ao Canal do Zico, no Youtube, qual foi a sensação de vestir a camisa do rubro-negro. Ainda que o jogador tenha passagens por grandes clubes como Mônaco, da França, Porto, de Portugal e Santos, ele afirma que nenhum desses clubes a emoção foi tão grande quanto entrar em campo pelo Flamengo.
"Quando eu era garoto, disputei um Mundialito sub-15 em Singapura pelo Flamengo. Eu jamais tinha ido até lá e nós fomos surpreendidos por torcedores do Flamengo. Na época, eu jamais imaginava que teria torcedores num país como aquele", contou o lateral-esquerdo, que relembrou a estreia de Paolo Guerrero, em 2015, com a camisa do Flamengo e a emoção que sentiu no Maracanã.

"Na estreia do Guerrero pelo Flamengo, Maracanã com 60 mil pessoas, foi arrepiante. Quando eu fui para fora, eu senti um pouco essa ausência. Lá tinham poucos torcedores. Têm lugares que são pouco ligados a futebol, não são muito fanáticos. Quando eu voltei ao Brasil, pelo Santos, e pude enfrentar o Flamengo, no Maracanã, cheguei a pensar se eu comemoraria um gol, como que seria. Mas eu fiquei surpreso com o carinho da torcida. Na saída do túnel, todos pedindo camisa, para eu voltar ao clube. Foi maravilhoso", completou o lateral.

Comentários