Ex-meia do Flamengo fala em gratidão pelo clube e revela segredo de arrancada em 2007

Jogador de 36 anos comentou também o motivo da saída do Rubro-Negro, ao final de 2008

Por Leonardo Damico

Cristian conquistou o Campeonato Carioca de 2008 pelo Flamengo
Cristian conquistou o Campeonato Carioca de 2008 pelo Flamengo -
Rio - Campeão carioca com o Flamengo em 2008, o volante Cristian, tem história vitoriosa no futebol se somadas as passagens por Corinthians e Grêmio. Campeão da Copa do Brasil no início da carreira pelo Paulista de Jundiaí, o jogador de 36 anos hoje atua pela Juventus-SP. Em entrevista ao 'Dia', o veterano comentou sobre o período que o país vive, projetando o restante da temporada.

"Essa pandemia atrapalhou muito as coisas. Não sei o que vai acontecer na Juventus. Até agora os clubes não voltaram, ninguém foi comunicado sobre nada. A verdade é que tudo está indefinido. Tudo é um ponto de interrogação. Estamos esperando ordens do prefeito. Enquanto isso vou mantendo a forma e treinando em casa como posso", afirmou Cristian, que complementou falando sobre a possível aposentadoria.

"Ah, deixo as coisas acontecerem naturalmente. Porque as vezes damos uma data, aí acaba não acontecendo, então é difícil. Penso agora em focar no que eu quero. É complicado pensar no que fazer depois ainda estando em atividade. Quando eu encerrar, eu vejo o que posso fazer ou acrescentar para o futebol. Tenho que ver o que é melhor para mim", disse o atleta, que também somou passagem vitoriosa pelo Fenerbaçhe-TUR.

Passagem pelo Flamengo
Após conquistar a Copa do Brasil em 2005, Cristian foi contratado pelo Atheltico Paranaense. Dois anos depois, chegou ao Flamengo em uma troca envolvendo o meia Clayton. No primeiro ano de Flamengo, sob comando de Joel Santana, o volante logo conquistou a vaga de titular e participou da incrível campanha de recuperação do clube no Campeonato Brasileiro de 2007. Naquele ano, foram 26 jogos e um gol anotado.

"Tive vários momentos bons no Flamengo. O Flamengo me deu oportunidade de voltar ao cenário nacional depois da passagem pelo Athletico Paranaense. Tenho um carinho muito grande pelo clube, muito mesmo. As coisas fluíram muito bem para mim e para minha família", agradeceu Cristian.

Na primeira temporada do volante vestindo a camisa do Rubro-Negro, o Flamengo fez um péssimo primeiro turno no Brasileirão e chegou a figurar na zona d rebaixamento. Contudo, na segunda metade do torneio, a equipe conseguiu uma fantástica recuperação e terminou o campeonato na terceira posição, garantindo vaga na Libertadores da América. Titular do time na época, Cristian relembrou a campanha.

"O segredo da arrancada foi o grupo, tínhamos um elenco muito bom: Souza, Obina, Fábio Luciano, Roger, Ibson, Toró... jogadores muito bons. Papai Joel foi fundamental também. A torcida do Flamengo também comprou nossa ideia, lotava o Maracanã. Eles faziam o papel fora de campo e nós fazíamos o nosso dentro", analisou o volante.

No entanto, mesmo com a identificação com o clube e a boa fase, Cristian deixou o Flamengo ao final de 2008. Joel Santana saiu do Rubro-Negro após a eliminação na Libertadores e Caio Júnior assumiu o comando do time. O novo treinador não aproveitou o jogador e o liberou para uma negociação. Cristian acertou com o Corinthians onde conquistou inúmeros títulos. O atleta relembrou a saída da equipe carioca.

"Eu tive muitas oportunidades no Flamengo. A história verdadeira é que o Caio Júnior, treinador na época, optou por não me usar mais. Não tenho mágoa nenhuma pelo clube. São poucos que conseguem jogar pelo Flamengo. Eu tinha mais três anos de contrato, mas o Joel saiu, o Caio chegou, e eu acabei saindo do clube. Mas mágoa não tenho, muito pelo contrário", finalizou o meia.

Comentários