Jornalista detona declarações de dirigente do Flamengo: 'Descontrolado e arrogante'

Luiz Eduardo Baptista, o Bap, deu entrevistas polêmicas nos últimos dias

Por O Dia

Luiz Eduardo Baptista, o Bap
Luiz Eduardo Baptista, o Bap -
Rio - As recentes entrevistas do vice-presidente de relações externas do Flamengo, Luiz Eduardo Baptista, o Bap, geraram polêmica. Durante o podcast "Posse de Bola", do "UOL", o jornalista Juca Kfouri condenou a postura de Bap e o definiu como "descontrolado e arrogante".
"Eu senti ali que ele era uma pessoa absolutamente difícil de tratar. E estou vendo agora, quer dizer, ele fez o que fez com o Pratto, a declaração dele sobre o Pratto dá a medida de quem ele é, e agora com o Abel Braga. É um descontrolado, arrogante, é mais um, apenas mais um desses dos quais você não pode esperar nada. E que está pensando apenas no próprio umbigo como se o Flamengo disputasse sozinho os campeonatos, talvez seja esse o sonho dele, o Flamengo ser o eterno campeão. A gente sabe que isso não será verdade e, se for verdade, isso para o futebol não pode ser pior", afirmou Juca.
Na última semana, Bap declarou ao canal "Paparazzo Rubro-Negro" que pensou em contratar alguém "para dar um tiro" no atacante Lucas Pratto, do River Plate, além de insultá-lo ao vivo. Dias depois, afirmou ao canal "Ser Flamengo" que achava que Abel Braga, em alguns momentos, estava "bêbado ou drogado" no comando do Flamengo.

Comentários