Rodolfo Landim, Marcos Braz e Bruno SpindelGilvan de Souza / Agencia O Dia

Rio - Antes da vitória do Flamengo sobre o Atlético-GO, Marcos Braz, vice-presidente de futebol, falou sobre o ambiente no clube carioca, rechaçando comentários sobre uma possível falta de harmonia interna, além de comentar sobre a briga pelo Campeonato Brasileiro e a final da Libertadores, a ser realizada no dia 27 de novembro, contra o Palmeiras, em Montevidéu.

"Não tem falta de harmonia. As pessoas que trabalham dentro do futebol do Flamengo sabem o que tem que fazer nesse momento, nesse momento de questionamento. No dia 27, a gente vai passar por cima de tudo isso para chegar na melhor temperatura e harmonia possível", disse Braz, em entrevista ao canal "Jovem Pan Esportes", emendando sobre uma hipotética demissão de Renato Gaúcho até a final do torneio continental:
"O Renato é o atual técnico. Os torcedores reclamam, algumas vezes os questionamentos são factíveis, tem de tudo, e outros não. Tem de tudo. O que eu posso falar é que o Flamengo vai chegar bem no dia 27. E, enquanto tiver chance matemática, é um dever de todos nós acreditarmos na conquista (do Brasileiro)".
Braz também ratificou que, em sua opinião, o Palmeiras é o favorito para o título da Libertadores. E explicou o motivo:
"O favorito é o Palmeiras, que é o atual campeão. Eu falei isso há três meses atrás. Continuo avaliando. O Palmeiras é o atual campeão. Quem seria o favorito do Campeonato Brasileiro deste ano? O Flamengo, porque é o atual campeão. É isso. Segue sendo o Palmeiras".
Sem tempo a perder, o Flamengo já vira a chave para a Chapecoense. O Rubro-Negro enfrenta o time de Santa Catarina nesta segunda-feira, às 20h, na Arena Condá. A partida é válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro e terá transmissão em tempo real do LANCE!.