GabigolFoto: Alexandre Vidal/Flamengo

Rio - O jornalista Vitor Guedes, do portal "UOL Esportes", afirmou que a provável saída de Gabigol, do Flamengo, em ano de Copa do Mundo, no Catar, "seria uma loucura". O jogador tem sido monitorado por Newcastle, da Inglaterra, e Fenerbahçe, da Turquia.
"Não me parece bom, em ano de Copa do Mundo, o Gabigol fazer essa ida à Europa. Eu jamais faria esse caminho e ficaria no Flamengo. Chegar na Europa com metade da temporada… seria uma loucura Gabigol fazer esse movimento. Ele já teve passagens frustrantes, horrorosas, na verdade, por Benfica e Inter de Milão. Não jogou nada", destacou o jornalista Vitor Guedes, no portal 'UOL Esportes'.

"O Newcastle é o vice-lanterna do Campeonato Inglês. Não dá nem para dizer que é uma proposta para jogar o Inglês, porque de repente o time cai. Pela idade, pelo futebol que tem e o que tem entregado, Gabigol deve pensar melhor na carreira dele e o time que ele for trocar se um dia sair do Flamengo", completou.
Além disso, o comentarista esportivo aproveitou para destacar que, depois de Zico, o atacante Gabigol é um dos maiores ídolos do Flamengo. O jornalista destacou os títulos, carisma e gols pelo Rubro-negro, como um dos principais trunfos para o atleta ser relembrado na história do clube carioca.
"Talvez no pós-Zico o Gabigol seja o maior ídolo do Flamengo pelo que fez de 2019 para cá. Ele tem um carisma absurdo com a torcida mais jovem do Flamengo. Está no radar do Tite, embora não seja o preferido. Se jogar no Flamengo, sabe que é impossível não ir para a Copa com o barulho e o retorno de mídia", concluiu.