Ailton
AiltonMailson Santana/Fluminense FC
Por O Dia
Rio - O Fluminense começou a sua campanha no Campeonato Carioca com derrota. Porém, a situação poderia ter sido outra, caso a arbitragem tivesse validado o gol regular de Caio e assinalado uma penalidade em Miguel, ambos os lances ainda no primeiro tempo. Ao fim da partida, o treinador do Tricolor na partida, Ailton afirmou que o árbitro o pediu desculpas durante o jogo.
Publicidade
"Eu tenho certeza que foi pênalti e tenho certeza que foi gol. Já vi várias vezes. E o próprio árbitro chegou para mim e pediu desculpa, que ele realmente errou no gol. E no pênalti o Jefferson só viu o corpo do Miguel. Mas, enfim, hoje o VAR fez falta, sim. Mas pode ser pelo pênalti. Mas pelo gol, o bandeirinha deu o gol, que estava melhor posicionado. E o Grazianni que estava em um posicionamento horrível anulou o gol. Mas acontece. Tomara que não aconteça mais conosco. É muito ruim. Eu falei que acaba prejudicando. Você faz 1 a 0, 2 a 0 e o jogo é outro. Infelizmente, amargamos uma derrota que não merecíamos", afirmou.
O Fluminense entrou em campo com uma equipe de jovens jogadores e acabou perdendo para o Resende por 2 a 1. Apesar do resultado negativo, Ailton afirmou que acredita que Roger Machado, treinador da equipe carioca, aprovou a atuação dos meninos.
Publicidade
"Hoje, no total de relacionados, 20 atletas da base e três atletas que vieram de outros clubes. Isto é um orgulho muito grande, ver que estamos no caminho certo. Eu acho que não é uma derrota que vai apagar o que esses meninos fizeram e ainda vão fazer pelo clube. O Roger desceu e ficou muito satisfeito. Temos que continuar lapidando esses meninos e é o que temos feito, porque eles são garotos de ouro. E nós temos que ter todos cuidados com eles. Até em termos de cobrança", disse.