Roger Machado conversa com o elenco do Fluminense
Roger Machado conversa com o elenco do FluminenseMailson Santana/Fluminense
Por O Dia
Ao se garantir na fase de grupos da Libertadores com o título do Palmeiras na Copa do Brasil, o Fluminense não apenas ganhou mais tempo para treinar, como também agora tem mais certeza sobre a parte financeira e o calendário para fazer o planejamento da temporada. O Tricolor já sabe que terá direito a pelo menos 3 milhões de dólares (cerca de R$ 17,1 milhões) e agora intensificará a busca por contratações para a competição.
O valor refere-se aos três jogos como mandante que terá direito na Libertadores. Caso avance às oitavas de final, o Fluminense terá direito a mais 1,05 milhão de dólares (aproximadamente R$ 6 milhões). Com o dinheiro certo, agora a diretoria volta suas atenções para contratações de mais peso.
Publicidade
Por enquanto, o Tricolor trouxe Samuel Xavier, Wellington e Rafael Ribeiro. Entretanto, em entrevista recente, o presidente Mário Bittencourt admitiu que esperava a confirmação da entrada na fase de grupos para fazer investimento maior no elenco. A ideia é aumentar a folha em até 30%, o que não seria possível fazer logo de cara pois os reforços não poderiam jogar a pré-Libertadores e existia a possibilidade de ser eliminado.
Sem esse risco, a busca por alguns nomes que já estavam na mira serão intensificados nos próximos dias. É o caso de Willian Bigode, do Palmeiras. A diretoria aguardava o fim da Copa do Brasil para conversar com o jogador de 34 anos e o clube paulista. Roger Guedes, que não deve continuar no futebol chinês, também agrada.
Publicidade
Enquanto os reforços não chegam, Roger Machado ganhou mais um mês de preparação para a estreia na Libertadores, que começará dia 20 de abril. Por isso, o elenco principal ganhou a semana de folga, para compensar a falta de férias entre as temporadas (apenas quatro dias de descanso), e se reapresentará na segunda-feira, dia 15. A equipe sub-23 jogará pelo menos mais uma vez no Cariocão.