O ídolo Fred marcou na estreia na Libertadores e agradeceu Cazares pela assistência
O ídolo Fred marcou na estreia na Libertadores e agradeceu Cazares pela assistênciaDaniel Castelo Branco
Por O Dia
Rio - Após a discreta estreia na vitória sobre o Botafogo, por 1 a 0, no sábado, pelo Campeonato Carioca, Cazares apresentou seu cartão de visitas à torcida na destacada atuação no empate com o River Plate, da Argentina, nesta quinta-feira, no Maracanã, na volta da equipe à Libertadores. Com uma assistência para o gol de Fred, o equatoriano ainda deixou Lucca cara a cara com o goleiro Armani e, no fim, quase virou o jogo. Em sintonia com o camisa 9, Cazares relembrou a parceria da época de Atlético-MG.
"A gente se conhece. Sabia que ele ia fazer a diagonal, eu tinha que deixar na frente. Ele é matador, artilheiro também. É única coisa que pude fazer foi deixar na cara do gol e comemorar. Feliz pelo empate, queríamos a vitória mas é futebol, acontece. Agora é trabalhar e continuar, porque Libertadores é muita coisa pela frente", disse Cazares, ao fim do jogo.

O apoiador entrou no lugar de Nenê no segundo tempo e foi peça-chave na reação tricolor. Mais incisivo e preciso na saída de bola, o Fluminense tomou o controle do jogo a partir dos 30 minutos no embalo de Cazares, que celebrou a boa atuação.
Publicidade
"Na verdade, acho que pelas situações que tive em campo. O passe para o Fred, o passe para o Lucca. O chute que eu dei que o Armani pegou. Agora trabalhar, que isso não é por acaso. A gente vem trabalhando forte", completou.