Pita Taufatofua foi eliminado na repescagem do taekwondo, mas voltou a fazer sucesso pela 'tradição' iniciada nas Olimpiíadas do Rio-2016Reprodução/Instagram

Tóquio - A participação de lutador de taekwondo Pita Nikolas Taufatofua nas Olimpíadas de Tóquio se encerrou na terça-feira, com a eliminação na repescagem para o esloveno Konrad Trajkovic da categoria 80kg. Para quem não identificou o personagem pelo none, trata-se do 'besuntado' de Tonga, que não poupou elogios à recepção que teve no Japão.
"Não vi nada além de ótimas vibrações de todos os japoneses aqui nos Jogos! Dos voluntários à segurança, eles estão tornando esta experiência inesquecível e prazerosa", postou Pita Taufatofua nas redes sociais.
Publicidade
Pita ganhou visibilidade e fama na abertura dos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016. Porta-bandeira de Tonga, o atleta vestiu trajes tradicionais país, sem camisa e coberto de óleo. O 'look' rendeu o apelido de 'besuntado de Tonga'.
Publicidade
Em 2018, nos Jogos Olímpicos de Inverno em Pyeonchang, ele ignorou a baixa temperatura na Coréia do Sul e manteve a tradição. Em Tóquio, a máscara foi adicionada ao adereço. Ele desfilou ao lado de Malia Paseka, primeira tonganesa classificada para a disputa da competição de taekwondo.