Imagem ilustrativa de coronavírusPixabay - Creative Commons

Guapimirim – O município de Guapimirim, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, não registra internações por coronavírus (Sars-Cov-2) há mais de dois meses. O último paciente deixou a rede municipal de saúde no dia 5 de novembro de 2021.
Nas últimas semanas, o Centro de Tratamento de Covid-19 tem recebido inúmeros pacientes com sintomas de coronavírus e de gripe.
Também não há novos registros de óbitos por Covid-19 desde novembro passado. Guapimirim contabiliza 197 vítimas fatais, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde.
A estabilização acerca de mortes por Sars-Cov-2 pode ser explicada pelo avanço da vacinação.
Até o último dia 9 de janeiro, ao menos 50.694 pessoas acima de 12 anos já se vacinaram contra o coronavírus nessa cidade, segundo a Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro. A população estimada é de 61.388, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Das mais de 83 mil doses aplicadas, 44.358 foram em primeira dose, 34.104 em segunda dose, 1.416 doses únicas e 3.610 em terceira dose.
Ao menos 4.391 adolescentes de 12 a 17 anos já foram imunizados com a primeira dose. Já a segunda foi aplicada em 849 deles. E dois tomaram a dose de reforço.
Até essa quarta-feira (12/1), Guapimirim registrava 6.788 casos confirmados de coronavírus desde o início da pandemia em 2020. O vacinômetro da Secretaria Municipal de Saúde confirma que foram aplicadas mais de 83 mil doses de vacinas, no entanto, não há informações sobre a terceira dose.
A rede municipal de saúde já começou a aplicar a quarta dose para pessoas imunossuprimidas que tomaram a terceira dose há mais de quatro meses.