Vítima teria sido atingido por um tiro na região do tórax, próximo ao pescoço; ele foi socorrido e levado ao Hospital São José do Avaí, onde estava internado desde o dia do ocorrido. - Foto: reprodução internet
Vítima teria sido atingido por um tiro na região do tórax, próximo ao pescoço; ele foi socorrido e levado ao Hospital São José do Avaí, onde estava internado desde o dia do ocorrido.Foto: reprodução internet
Por Lili Bustilho
 
ITAPERUNA - A Polícia Rodoviária Federal divulgou uma nota lamentando a morte do policial Felipe Louback, de 49 anos, que teria sido baleado acidentalmente por um colega de trabalho durante um plantão no último domingo (03/01) no posto da PRF em Itaperuna, no Noroeste Fluminense. O posto fica às margens da BR-356, no cruzamento com o município de Bom Jesus do Itabapoana, na RJ-186.
Publicidade
Felipe teria sido atingido por um tiro na região do tórax, próximo ao pescoço. Ele foi socorrido e levado ao Hospital São José do Avaí, onde estava internado desde o dia do ocorrido. De acordo com a nota divulgada pela Polícia Rodoviária, a morte aconteceu nesta quinta-feira (07). O ocorrido segue sendo investigado pela Polícia Civil, através da 143ª Delegacia de Polícia de Itaperuna, e pela corregedoria da Polícia Rodoviária Federal (PRF).
O comunicado destaca a perda do profissional: "ESTAMOS EM LUTO...É com profundo pesar que lamentamos a morte de um de nossos heróis. Manifestamos também nossos sentimentos à família, aos amigos e aos colegas de profissão nesse momento de dor."

A nota acrescenta que “Toda nossa solidariedade, amparo e conforto a esposa, aos filhos, familiares e amigos pela perda de um profissional e cidadão que encheu a PRF de orgulho. Um exemplo de profissional, o falecimento de Felipe entristece profundamente toda a instituição, que está em luto. Em sinal de solidariedade nossas bandeiras estão a meio mastro”.
Publicidade
Felipe ingressou na Polícia Rodoviária Federal em 2019, no Paraná, e em dezembro de 2020 foi transferido para atuar no Rio de Janeiro. Ele era morador de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio.



Publicidade
"O falecimento de Felipe entristece profundamente toda a instituição, que está em luto. Em sinal de solidariedade nossas bandeiras estão a meio mastro", diz a nota da PRF